Últimas notícias:

Loading...

Câncer de pênis causa 400 mortes por ano no Brasil; saiba como evitar

Doença é causada, principalmente, devido à falta de higiene

Por: Redação

Segundo levantamento do hospital A.C.Camargo Câncer Center, a média anual de mortalidade por câncer de pênis no Brasil é de 400 óbitos. Esse número se manteve praticamente inalterado entre 2008 e 2018, período em que ocorreram cerca de 5,5 mil cirurgias de penectomia (amputação do pênis).

Homem em consulta médica para prevenir câncer de pênis
Crédito: IStockEm dez anos, ocorreram cerca de 5,5 mil cirurgias de amputações de pênis no país

O estudo teve como base informações do DATASUS (Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde), serviço do Ministério da Saúde que disponibiliza informações sobre o sistema público de saúde.

Apesar de os dados estarem estáveis há uma década, a pesquisa foi capaz de detectar um aumento dos óbitos na região Norte nos últimos anos, estado que, ao lado do Nordeste, estão localizadas as maiores taxas de mortalidade da doença no Brasil.

O câncer de pênis é totalmente evitável e está relacionado, principalmente, à falta de higiene adequada do órgão genital. Os principais sintomas são feridas, manchas e secreção e tem consequências devastadoras, como amputação do órgão e, em alguns casos, há a metástase na região da virilha, que pode causar infecção generalizada no corpo e sangramentos que levam à morte.

Como prevenir o câncer de pênis

Quando identificado precocemente, o câncer de pênis pode ser tratado com técnicas de cauterização, evitando a retirada total do pênis. A prevenção inclui:

  • Realizar limpeza diária com água e sabão;
  • Observar com atenção mudanças na região como surgimento de feridas, manchas e secreção;
  • Usar preservativo, pois, infecções crônicas causadas por ISTs (Infecções Sexualmente Transmissíveis), também estão associadas a maior risco;
  • Meninos de 11 a 14 anos de idade — e meninas de 9 a 14 anos devem tomar a vacina anti-HPV, disponível gratuitamente no SUS que também pode prevenir o surgimento da doença;
  • Procurar um médico tão logo os sintomas sejam notados.

Compartilhe:

Tags: #Saúde