Coronavírus: PUC-SP confirma dois estudantes infectados

Universidade afirmou que seguirá estritamente recomendações dos órgãos de saúde

Por: Redação

A Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) confirmou, em nota, na tarde desta quarta-feira, 11, que dois estudantes da instituição testaram positivo para o novo coronavírus.

Crédito: DivulgaçãoCoronavírus: PUC-SP confirma dois estudantes infectados

“Ambos não frequentam a universidade desde o dia 4/3 e vêm sendo acompanhados e monitorados pela Vigilância Sanitária em Saúde de São Paulo”, diz a nota.

Ainda segundo a PUC-SP, a reitoria da universidade está em contato com a vigilância sanitária, “que hoje manteve a recomendação de normalidade das atividades na universidade”.

“A PUC-SP continua funcionando normalmente, seguindo estritamente a recomendação das autoridades de saúde. Qualquer mudança nessa condição, assim como novas informações, serão, imediatamente, divulgadas a toda a comunidade universitária”, afirma a nota.

O comunicado pede também que qualquer estudante e funcionário que tenha diagnóstico positivo para o coronavírus informe a reitoria “imediatamente”.

Casos confirmados

O número de casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19) no Brasil subiu de 34 para 69. O último balanço divulgado na tarde desta quarta-feira, 11, pelo Ministério da Saúde, fala em 52, mas posterior a isso, a Secretaria da Saúde do Estado da Bahia confirmou um novo caso e o Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, divulgou a confirmação de 16 novos casos.

São Paulo é o estado com o maior número de casos, são 46 pacientes no total. Os outros casos estão localizados no Rio de Janeiro (13), Bahia (2), Rio Grande do Sul (2), Minas Gerais (1), Espírito Santo (1), Alagoas (1) e Distrito Federal (2).

Ainda de acordo com o Ministério da Saúde, no último boletim, há 907 casos suspeitos, que estão sendo monitorados. Até agora, 935 já foram descartados.

Ao todo, 118 mil pessoas já contraíram o coronavírus ao redor do mundo, e mais de 4.300 mortes foram registradas — a maioria na China e na Itália, os dois principais epicentros da Covid-19 no mundo.

Sintomas do novo coronavírus

Os sinais e sintomas do coronavírus são principalmente respiratórios, semelhantes a um resfriado, com febre, tosse e dificuldade para respirar. O Covid-19 pode, também, causar infecção do trato respiratório inferior, como as pneumonias.

Prevenção

Os cuidados para reduzir o risco de contrair o coronavírus são básicos e incluem lavar as mãos frequentemente com água e sabão, usar desinfetante à base de álcool e evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.

Veja outras dicas:

  • -Ao tossir ou espirrar é recomendado cobrir a boca e nariz;
  • -Não tocar mucosas de olhos, nariz e boca de outra pessoa;
  • -Usar lenço descartável para higiene nasal;
  • -Não compartilhar objetos de uso pessoal;
  • -Manter o ambiente ventilado;
  • -Ao viajar para locais com circulação do vírus tomar cuidado para não entrar em contato com pessoas doentes e animais vivos ou mortos.

ilustração ensinando o jeito de lavar as mãos