Últimas notícias:

Loading...

Descoberta de nova variante deixa Nova York em alerta

Mutação que prejudica a resposta imunológica está se espalhando de forma alarmante nas últimas semanas

Por: Redação
Ouça este conteúdo

A recente descoberta de uma nova variante do novo coronavírus em Nova York acendeu o alerta entre os pesquisadores. Dois grupos distintos de especialistas encontraram duas versões do vírus crescendo rapidamente na cidade e afirmam que as mutações dificultam a resposta imunológica natural do corpo e também podem enfraquecer a eficácia das vacinas.

As duas versões da variante estão sendo chamadas de B.1.526 e foram identificadas por pesquisadores do Centro Médico da Universidade de Columbia e do Instituto de Tecnologia da Califórnia.

variante em nova york
Crédito: Brianna Mancini/istockVariante tem se espalhado e causado preocupação em Nova York

Elas apareceram pela primeira vez em amostras coletadas na cidade de Nova York em novembro e agora compõem cerca de 27% das sequências virais depositadas em um banco de dados compartilhado por cientistas chamado GISAID, de acordo com o The New York Times.

Segundo os pesquisadores, a variante já foi detectada em diversos bairros da cidade de Nova York e está se espalhado pelo nordeste do estado.

Uma das mutações nesta variante é chamada E484K, que confere ao vírus o poder de escapar de parte da resposta imunológica do corpo, bem como dos tratamentos com anticorpos monoclonais, utilizados nos EUA.

Essa mutação, em específico, é vista em pelo menos 59 linhagens diferentes de coronavírus, o que significa que está evoluindo de forma independente em todo o país e em todo o mundo.

Essas mutações acontecem o tempo todo com os vírus, que se adaptam para sobreviver e aumentar a capacidade de multiplicação. Quanto mais pessoas infectadas, maiores as chance dessas mudanças acontecerem.

Compartilhe: