Descubra quais frutas e legumes são low carb

O cardápio low carb não precisa ser apenas baseado em proteína, dá para colocar uma cor no prato; confira quais são as opções mais indicadas

Por: Redação

A dieta low carb, ou seja, baseada em consumir uma menor quantidade de carboidratos, vem ganhando força entre quem deseja perder peso em um ritmo mais acelerado. De fato, ela funciona bem para isso, mas não é fácil. Com esse plano alimentar, a pessoa fica restrita a diversos alimentos comuns no prato do brasileiro, isso inclui também frutas e legumes.

Apesar de riquíssimas em fibras, antioxidantes, vitaminas e minerais, certas frutas podem conter uma grande quantidade com frutose, que é uma fonte de carboidrato. Portanto, em uma dieta low carb, essas devem ficar de fora. Também devem ser evitadas em certas condições clínicas, como resistência à insulina, diabetes, síndrome metabólica e até mesmo a esteatose hepática (gordura no fígado).

variedade de frutas em um bowl
Crédito: Picalotta/istockAlgumas frutas estão permitidas na dieta low carb

O cuidado na escolha dos alimentos também deve se estender aos vegetais. Alguns são considerados permitidos, outros podem ser consumidos com moderação, enquanto outros não têm vez na dieta reduzida em carboidrato.

Confira a lista a seguir:

Frutas e legumes low carb

Frutas: abacate, acerola, ameixa, morango, pêssego, melão, maracujá, limão e coco.

Legumes e verduras: abobrinha, brócolis, couve, couve-flor, cogumelos, almeirão, chicória, aipo, agrião, acelga, rúcula, pimentão, aspargos, berinjela, espinafre, pepino, quiabo, chuchu, vagem, escarola, alho-poró, escarola e alface.

vegetais low carb
Crédito: Gerenme/istockVegetais verdes escuros contêm pouco carboidrato

No caso das frutas, a recomendação é consumi-las, preferencialmente, junto com alguma fonte de fibra, como semente de chia, por exemplo, que diminui a velocidade de absorção de carboidrato.

Vale dizer, no entanto, que uma alimentação equilibrada deve conter proteína, gordura, fibras e também carboidrato. Dietas low carb podem ser seguidas, sim, desde que com o devido acompanhamento de um nutricionista, a fim de não causar déficit de nutrientes no corpo.  “Quando o carboidrato é retirado sem orientação, o resultado pode ser dor de cabeça, mau-humor, dificuldade de concentração e até mau hálito”, explica a nutricionista clínica Jandira Rodrigues.