‘Ainda não é hora de relaxar’, diz o Dr. Drauzio Varella sobre as medidas de prevenção à Covid-19

A expectativa da descoberta de uma vacina tem sido responsável por um aspecto bastante preocupante: o relaxamento nas medidas de prevenção

Por: Publi
Ouça este conteúdo

“Nunca houve tanta expectativa por uma vacina”. A afirmação do médico, escritor e pesquisador Drauzio Varella em um vídeo do canal Todos Pela Saúde, no YouTube, é a síntese dos últimos meses da pandemia de Covid-19.

Com mais de 10 vacinas na fase final de testes para testar a imunidade contra o coronavírus e a segurança para o uso da população, o assunto ganhou as discussões familiares e os debates acalorados nas redes sociais.

‘Ainda não é hora de relaxar’, diz o Dr. Drauzio Varella sobre as medidas de prevenção à Covid-19
Crédito: Reprodução YouTube / Todos Pela Saúde”Vacinação em massa, mesmo, só no ano que vem. Até lá, quantos vão ficar doentes? A vacina não resolverá o problema de hoje”, diz o Dr. Drauzio Varella sobre a importância dos métodos de prevenção

No Brasil, o tema se tornou ainda mais urgente. Com milhares de mortos pela Covid-19, o país segue como um dos epicentros mundiais da contaminação e vê na descoberta da vacina a solução desta crise sanitária.

O país conta atualmente com duas vacinas em desenvolvimento na fase final de testes: a CoronaVac, produzida pela empresa chinesa Sinovac; e a vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford, no Reino Unido, em parceria com a farmacêutica AstraZeneca. Se ambas confirmarem os resultados iniciais dos estudos, as duas vacinas podem entrar em produção já no final de 2020.

Algo que o Todos Pela Saúde tem trabalhado para tornar realidade. O grupo de especialistas de diversos setores da saúde liderados por Paulo Chap Chap  se tornou o principal doador para os projetos de adaptação de duas fábricas de vacinas contra a Covid-19 no Brasil.

Foram investidos R$ 100 milhões nas instalações da Fiocruz e do Instituto Butantan, que juntas poderão produzir até 60 milhões de doses por mês, garantindo assim a autonomia nacional na produção da vacina.

A boa notícia, infelizmente, também tem sido responsável por um aspecto bastante preocupante: o relaxamento nas medidas de prevenção. “Estamos retornando às atividades com muitos casos e muitas mortes. Ainda não é hora de relaxar”, ressalta o Dr. Drauzio Varella.

A preocupação do médico se baseia nos desafios de produção e distribuição de uma vacina dentro do cenário atual de pandemia. “Temos que ser realistas: produzir milhões de doses para vacinar o país inteiro não é fácil. Vacinação em massa, mesmo, só no ano que vem. Até lá, quantos vão ficar doentes? A vacina não resolverá o problema de hoje.”

É por conta disso que o Dr. Drauzio Varella reforça a importância de mantermos os cuidados na prevenção da doença. Entre as principais medidas ainda necessárias para evitar o contágio, o médico destaca:

Usar a máscara

A máscara continua sendo um dos principais mecanismos para evitar o aumento no número de infecções pela Covid-19 e o seu uso é indispensável tanto para a sua segurança, quanto para as pessoas a sua volta. Clique aqui para saber os principais cuidados que você deve ter ao usá-la ou assista o vídeo abaixo:

Coronavírus x máscara caseira: saiba como usar e cuidar da sua

Além das orientações de distanciamento social, os cuidados com a máscara, principalmente ao sair de casa, são indispensáveis para garantir o máximo de proteção contra o #covid19. ⠀Por isso, fuja dos erros mais comuns e saiba se você está usando a sua máscara do jeito certo com o nosso guia feito com base em dicas de especialistas.Aproveite para marcar os @s que precisam saber dessas informações também :)Saiba mais no link: https://bit.ly/3bXgt0M⠀#MascaraSalva #TodosPelaSaude #Ad

Posted by Catraca Livre on Saturday, May 30, 2020

Manter o distanciamento social

Já são mais de 6 meses de quarentena e isolamento social em diversas regiões do país e isso não é fácil para ninguém. Mas ainda não é possível voltar às ruas, aos bares com os amigos e aos almoços com a família sem correr o risco de contaminação. Nem tudo pode voltar ao normal, infelizmente.

Isso se faz necessário porque mesmo que você não apresente os sintomas ou não esteja no grupo de risco, ainda assim você pode carregar o vírus e transmitir. O que torna a sua decisão pelo isolamento social não só uma escolha pela sua vida, mas pela vida de todos. Então se tiver que sair de casa, evite aglomerações e use sempre a máscara.

Lavar as mãos

Higienizar as mãos é um dos cuidados básicos para evitar o contágio, seja com o uso do álcool em gel ou simplesmente lavá-la com água e sabão. No vídeo abaixo ensinamos como fazer isso de acordo com as orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS). Confira:

Compartilhe: