São por essas razões que sentimos mais dores no frio

O frio pode agravar condições inflamatórias, como a artrite, aumentando a sensação de dor e desconforto

Basta esfriar um pouco para que as queixas de dores no corpo comecem a surgir. Muitas pessoas dizem que dor de lesões antigas, como fraturas ou entorses, se agrava quando o frio se aproxima. 

O mesmo também ocorre com quem tem condições crônicas como artrite. Mas por que isso acontece?

De acordo com a fisioterapeuta Adriana Abreu, isso ocorre porque, com a chegada do frio, nosso corpo passa por várias mudanças para adaptar-se a essa mudança de temperatura. 

“O fluxo sanguíneo começa a reduzir, a lubrificação das nossas articulações começa a ficar mais difícil, nossos músculos começam a ficar mais rígidos e os nervos mais sensíveis, porque nervo não gosta de frio. E tudo isso só vai aumentar nossa sensação de dor”.  

Vários processos que acontecem no corpo podem aumentar a sensação de dor no frio
Créditos: assumption111/DepositPhotos
Vários processos que acontecem no corpo podem aumentar a sensação de dor no frio

O que faz aumentar a dor no corpo no frio?

Mudanças na pressão barométrica

Uma das principais razões pelas quais sentimos mais dores no frio é a redução na pressão barométrica, ou “baixa pressão”. Quando a pressão barométrica cai, o tecido do corpo pode expandir, o que pode pressionar os nervos e causar dor.

Em um estudo realizado com 200 pessoas com osteoartrite no joelho, os pesquisadores descobriram que a cada queda de 10 graus na temperatura, assim como baixa pressão barométrica, correspondia a um aumento na dor no joelho.

Contração muscular

No frio, os músculos tendem a se contrair para conservar calor, o que pode causar rigidez e dor. A contração muscular pode limitar a amplitude de movimento das articulações e aumentar a sensação de desconforto.

Redução do fluxo sanguíneo

O frio pode causar vasoconstrição, que é o estreitamento dos vasos sanguíneos. Isso reduz o fluxo sanguíneo para as extremidades e articulações, o que pode levar a uma sensação de dor e rigidez.

Pessoas com problemas circulatórios, como a doença de Raynaud, são particularmente suscetíveis a esse efeito.

Dificuldade de lubrificação das articulações 

Com o frio o líquido sinovial que está nas articulações começa a ficar mais espesso, dificultando a sua principal função que é a lubrificação

Sensibilidade nervosa

As terminações nervosas podem se tornar mais sensíveis no frio, amplificando a percepção da dor. Isso acontece principalmente com  aqueles que já têm condições de dor crônica, onde os nervos já estão sensibilizados.

Inflamação

O frio pode aumentar a inflamação em articulações que já estão comprometidas por condições como a artrite. A inflamação adicional pode causar uma dor maior e dificultar o movimento.

Dicas para aliviar a dor no frio

  • Usar roupas confortáveis e quentes, não deixe o corpo exposto ao frio.
  • Fazer exercícios regulares debaixo impacto, como caminhada e alongamento, que ajudam a manter os músculos e articulações flexíveis.
  • Manter-se hidratado, pois beber água suficiente é essencial para a saúde geral e pode ajudar a manter as articulações lubrificadas.
  • Fazer massagens e considerar usar bolsas de água quente que ajudam a aliviar a dor e a rigidez.
  • Se a dor persistir, é importante consultar um médico para obter um diagnóstico e tratamento.