CORONAVÍRUS
Loading...
Últimas notícias e tudo que você precisa saberAtualizando informações
Infectados-
Mortes-
Recuperados-

Em meio a surto de coronavírus, gripe aviária ressurge nas Filipinas

Em uma fazenda com 15 mil codornas, 1.500 morreram com a doença. Outras aves foram mortas para evitar contagio humano com a doença

Por: Redação

Em meio a pandemia do novo coronavírus (Covid-19), a gripe aviária, do subtipo H5N6 do vírus influenza, altamente infeccioso, ressurge nas Filipinas, em uma fazenda de codornas, na cidade de Jaen, província de Nueva Ecija.

coronavírus gripe aviária
Crédito: Department of Agriculture PhilippinesEm meio a surto de coronavírus, gripe aviária ressurge nas Filipinas

No local, 1.500 das 15 mil codornas que haviam na fazenda morreram e depois disso foi feito testes nas aves para tentar entender o que causaram as mortes e descoberta a gripe. Todas as 15 mil codornas foram mortas para evitar que a doença se propagasse.

Embora a doença possa ser transmitida para humanos, Dar disse que não há casos de pessoas contaminadas.
De acordo Salvador Panelo, porta-voz da presidência das Filipinas, o governo está preparado para lidar com o problema. “Não temos escolha senão encarar e lidar com isso”, disse.

Alemanha

Uma caso de gripe aviária H5N8 foi confirmado em uma fazenda de criação de frangos na Saxônia, no leste da Alemanha, revelaram as autoridades alemãs, nesta segunda-feira, 16, segundo informações da agência Reuters.

Todas aves na unidade também foram sacrificadas e uma área de quarentena estabelecida ao redor.

Casos de gripe aviária foram registrados desde o final do ano passado em quatro países: Eslováquia, Polônia, Hungria e República Tcheca.

Compartilhe:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.