Últimas notícias:
Loading...

Estudo indica 11 hábitos alimentares que impulsionam diabetes

Excesso de arroz e trigo refinado e grãos integrais insuficientes podem ser os principais impulsionadores da doença em todo o mundo

Um novo estudo realizado por pesquisadores da Tufts University, nos EUA, sobre diabetes tipo 2 atribuível à dieta, esclareceu dois tipos principais de alimentos que atualmente estão gerando casos de diabetes em todo o mundo.

O estudo publicado na revista Nature Medicine descobriu que fatores dietéticos levaram à incidência de diabetes.

Estudo aponta para os fatores alimentares que impulsionam diabetes no mundo
Créditos: o:CHAYAKORN MAMUANG/istock
Estudo aponta para os fatores alimentares que impulsionam diabetes no mundo

As descobertas sugerem que o excesso de arroz e trigo refinado e grãos integrais insuficientes podem ser os dois principais impulsionadores da doença em todo o mundo.

O estudo constatou que o consumo excessivo de arroz refinado e trigo, carnes processadas, carne vermelha não processada, bebidas açucaradas, batatas e sucos de frutas contribuíram para 60% dos casos de diabetes.

A ingestão insuficiente de grãos integrais, iogurte, frutas, vegetais sem amido, nozes e sementes estava por trás de 39,2% dos casos de diabetes.

Os 11 fatores dietéticos listados pelo estudo são:

  • Ingestão insuficiente de grãos integrais
  • Ingestão excessiva de grãos refinados
  • Ingestão excessiva de carnes processadas
  • Ingestão excessiva de carne vermelha não processada
  • Ingestão insuficiente de iogurte
  • Ingestão excessiva de bebidas açucaradas
  • Ingestão excessiva de batatas
  • Ingestão insuficiente de frutas
  • Ingestão insuficiente de nozes e sementes
  • Ingestão insuficiente de vegetais não amiláceos
  • Ingestão excessiva de suco de frutas

Carboidratos simples ​​e alimentos refinados são digeridos rapidamente e absorvidos com mais facilidade. Quem tem diabetes deve evitar. Em vez disso, ara incluir carboidratos complexos na dieta.

Vegetais sem amido, como alface, pepino, brócolis, tomate e feijão verde, têm muita fibra e muito pouco carboidrato, o que resulta em um impacto menor no açúcar no sangue.