Governo suspende produção de 19 remédios de distribuição gratuita

Pacientes que fazem tratamento contra o câncer, diabetes e transplantados serão afetados com a medida

Por: Redação

O Ministério da Saúde suspendeu contratos com sete laboratórios públicos nacionais que fabricavam remédios de distribuição gratuita pelo Sistema Único de Saúde (SUS). As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Ao todo, serão 19 medicamentos que deixarão de ser entregues para mais de 30 milhões de pacientes que fazem tratamento contra o câncer e diabetes.

Crédito: Getty Images/iStockphotoGoverno cancela produção de remédios que atendia o SUS

Os laboratórios que fabricam por meio do projeto Parcerias para o Desenvolvimento Produtivo (PDPs) fornecem os medicamentos a preços 30% menores do que os de mercado. As instituições já estudam ações na Justiça.

Procurado pela reportagem do jornal, o Ministério da Saúde informou que as PDPs continuam vigentes. Segundo a pasta, foi encaminhado aos laboratórios um ofício que solicita “manifestação formal sobre a situação de cada parceria”.

O órgão federal também informou que “o chamado ‘ato de suspensão” é por um período transitório”, enquanto faz a  “coleta de informações”. Porém, o jornal teve acesso a um dos ofícios em que o ministério é categórico ao informar o encerramento da parceria. O documento, do dia 26 de junho, é assinado por Denizar Vianna Araujo, secretário de Ciência, Tecnologia, Inovação e Insumos Estratégicos em Saúde.

Veja abaixo a lista dos remédios que terão distribuição gratuita interrompida:

Crédito: Getty Images/iStockphotoPacientes com câncer, diabetes e transplantados serão afetados

Adalimumabe, Solução Injetável (40mg/0,8mL), produzido por TECPAR
Adalimumabe, Solução Injetável (40mg/0,8mL), produzido por Butantan
Bevacizumabe, Solução injetável (25mg/mL), produzido por TECPAR
Etanercepte, Solução injetável (25mg; 50mg), produzido por TECPAR
Everolimo, Comprimido (0,5mg; 0,75mg; 1mg), produzido por Farmanguinhos
Gosserrelina, Implante Subcutâneo (3,6mg; 10,8mg), produzido por FURP
Infliximabe, Pó para solução injetável frasco com 10mL (100mg), produzido por TECPAR
Insulina (NPH e Regular), Suspensão injetável (100 UI/mL), produzido por FUNED
Leuprorrelina, Pó para suspensão injetável (3,75mg; 11,25mg), produzido por FURP
Rituximabe, Solução injetável frasco com 50mL (10mg/mL), produzido por TECPAR
Sofosbuvir, Comprimido revestido (400mg), produzido por Farmanguinhos
Trastuzumabe, Pó para solução injetável (150mg; 440mg), produzido por Butantan
Cabergolina, Comprimido (0,5mg), produzido por Bahiafarma Farmanguinhos
Insulina (NPH e Regular), Suspensão injetável (100 UI/mL), produzido por Bahiafarma
Pramipexol, Comprimido (0,125mg; 0,25mg; 1mg), produzido por Farmanguinhos
Sevelâmer, Comprimido (800mg), produzido por Bahiafarma Farmanguinhos
Trastuzumabe, Pó para solução injetável (150mg), produzido por TECPAR
Vacina Tetraviral, Pó para solução injetável, produzido por Bio-manguinhos
Alfataliglicerase, Pó para solução injetável (200 U), produzido por Bio-manguinhos

Compartilhe: