Últimas notícias:
Loading...

6 hábitos que estão destruindo seu fígado sem você saber

De dieta rica em gordura a remédios para emagrecer, veja o que compromete o funcionamento desse órgão

Poucas pessoas conhecem os fatores que causam danos à saúde do fígado. São hábitos comuns, muitos parecem até inofensivos, mas – na verdade – têm um impacto bem negativo.

O fígado desempenha mais de 500 funções diferentes, incluindo: digestão, metabolização, remoção de toxinas e armazenamento de nutrientes. Se esse órgão não está saudável, o funcionamento do corpo vai falhar, facilitando o aparecimento de alguma doença. As mais comuns são: as hepatites A, B e C, gordura no fígado, a hepatopatia alcóolica, câncer no fígado e a cirrose.

 Veja os hábitos que podem estar destruindo o seu fígado sem você saber
Créditos: luismmolina/istock
 Veja os hábitos que podem estar destruindo o seu fígado sem você saber

Confira abaixo os hábitos que prejudicam o fígado

Consumo de álcool

Esse hábito é bem relacionado a problemas no fígado. Quando ingerido em excesso, o álcool pode causar inflamação, morte das células do órgão (também conhecido como cirrose) e doença hepática gordurosa.

Beber com moderação é a chave para proteger o fígado.

Manter uma dieta rica em gordura ou rica em açúcar

Excesso de gordura saturada e de doces também deve ser evitado para não sobrecarregar o fígado. Quanto mais alimentos gordurosos, como carne vermelha, embutidos, frituras e industrializados no geral forem consumidos, mais o fígado, precisará trabalhar.

 Carnes gordurosas e embutidos devem ser evitados 
Créditos: Vladimir Mironov/istock
 Carnes gordurosas e embutidos devem ser evitados 

Os médicos recomendam aumentar a ingestão de frutas, verduras, legumes e vegetais em geral, que são fontes de fibras e dificultam a absorção de gorduras e açúcar.

Tomar analgésicos regularmente

Embora tenham sido feitos para aliviar dores no corpo, esses medicamentos podem danificar o fígado, principalmente se forem misturados com álcool ou tomados sem receita médica.

Fazer uso de suplementos

Assim como os medicamentos, os suplementos dietéticos ou nutricionais aumentam a produção de certas enzimas no fígado e podem ser perigosos, alertou uma pesquisa realizada por diversas instituições da Espanha e da América Latina.

Há casos de lesões no órgão causadas por esses compostos, mesmo os à base de ervas naturais, que também podem ser tóxicos.  Por isso, é importante a autorização do médico antes iniciar o uso de quaisquer suplementos.

Tomar medicamentos para emagrecer

O uso de medicamentos para emagrecer também só pode ser feito com a orientação de um médico. Recentemente, tornaram-se públicos vários casos de mulheres que tomaram esses remédios sem prescrição médica e acabaram tendo hepatite fulminante.

Levar um estilo de vida sedentário

O sedentarismo também contribui para doenças como esteatose hepática (gordura no fígado), especialmente quando associado a uma má alimentação. Esse aumento de gordura, constante e por tempo prolongado, pode provocar uma inflamação capaz de evoluir para quadros graves de hepatite gordurosa, cirrose hepática e até câncer.