Últimas notícias:

Loading...

Confirmada a variante ômicron em dois testes no Brasil

"Diante dos resultados positivos, o laboratório Albert Einstein adotou a iniciativa de realizar o sequenciamento genético das amostras", diz a Anvisa

Por: Redação

O Instituto Adolfo Lutz confirmou nesta terça-feira, 30, dois resultados positivos para a variante ômicron do coronavírus no Brasil. O sequenciamento genético que identificou a variante nos testes de dois passageiros que vieram da África do Sul foi realizado pelo Hospital Albert Einstein, em São Paulo.

Hospital confirma variante ômicron em dois testes no Brasil
Crédito: ShutterstockHospital confirma variante ômicron em dois testes no Brasil

Uma das testagens é do passageiro que veio da África do Sul e desembarcou em Guarulhos no dia 23 de novembro.
Ele estava com um teste RT-PCR negativo, no entanto como estava se preparando para voltar à África do Sul, foi a um laboratório no aeroporto de Guarulhos, no último dia 25 novembro, para realizar o teste de retorno. Naquele instante, os dois testaram positivo para a Covid-19 e o fato foi comunicado ao Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (CIEVS) de São Paulo.

“Diante dos resultados positivos, o laboratório Albert Einstein adotou a iniciativa de realizar o sequenciamento genético das amostras. O laboratório notificou a Anvisa sobre os resultados positivos dos testes e sobre o início dos procedimentos para sequenciamento genético no dia 29/11 e, na data de hoje, 30/11, informou que, em análises prévias, foi identificada a variante Ômicron do Sars-Cov-2″, diz nota da Anvisa.

De acordo com a Secretaria Estadual da Saúde, ambos casos confirmados são de um homem de 41 anos e uma mulher de 37, provenientes da África do Sul.

A Anvisa também oficiou o Ministério da Saúde e as Secretarias de Saúde estadual e municipal de São Paulo sobre o evento em saúde identificado na data desta terça-feira, 30, para adoção das medidas de saúde pública pertinentes.

Um terceiro caso suspeito, de um passageiro vindo da Etiópia e que desembarcou em Guarulhos (SP), ainda está sob investigação do Lutz.

Compartilhe:

?>