Jovem fica paraplégica depois de infecção causada por piercing

Médicos acreditam que bactéria tenha entrado no corpo da jovem pelo furo do piercing

Por: Redação | Comunicar erro

menina na cadeiras de rodas

Um piercing no nariz causou problemas sérios de saúde para a estudante brasileira Layane Dias, de 21 anos. Ela teve uma infecção causada por uma bactéria, que deixou metade do seu corpo paralisado. O caso é considerado raro pelos especialistas.

À BBC News Brasil, a estudante contou que, após perfurar o nariz, começou a sentir dores intensas, e poucas semanas depois, começou a perder os movimentos das pernas e depois dos braços. “Dos seios para baixo, eu não conseguia sentir mais nada”, relatou a jovem.

No hospital, o médico a perguntou se ela havia tido alguma espinha na região do nariz, já que a bactéria identificada é comumente desenvolvida nas fossas nasais. Foi então que ela falou sobre o piercing que havia colocado no mês anterior. “Quando contei isso, ele me disse: o piercing foi a entrada da bactéria em seu corpo. Ouvir isso me deixou em choque”, afirmou.

jovem com piercing e o nariz vermelho
Crédito: Arquivo pessoalNariz de Layane logo após a colocação do piercing

Layane precisou passar por uma cirurgia de urgência após uma ressonância magnética apontar a presença de pus entre as vértebras de sua medula espinhal. Após a retirada do líquido, a medula foi descomprimida e o quadro dela melhorou. Apesar disso, a jovem perdeu a sensibilidade nos membros inferiores e hoje precisa usar cadeira de rodas.

“A disseminação de qualquer infecção cutânea costuma ser hematogênica – quando é transmitida pela corrente sanguínea. Por exemplo, se a bactéria está na ponta do nariz, ela pode evoluir, pegar o nariz inteiro, cair na corrente sanguínea e parar em outro canto do corpo”, esclarece o médico responsável pela cirurgia da jovem, o neurocirurgião Oswaldo Ribeiro Marquez.

Embora infecções possam acontecer em decorrência de um piercing, o médico diz que situações parecidas com a de Layane são muito raras. Marquez acredita ser possível que a paraplegia tenha sido causada em decorrência da infecção no nariz, mas diz que somente estudos mais aprofundados podem garantir que a única razão tenha sido isso.

O caso da estudante serve como um alerta, já que a colocação e piercing exige alguns cuidados para diminuir os risco de infecções. Os médicos alertam que é indispensável observar a correta esterilização dos equipamentos e uso de materiais descartáveis, como agulhas e luvas cirúrgicas.

Além disso, depois do acessório no corpo, é indispensável manter uma higiene no local. Deve-se lavar o local do furo com um sabonete antibacteriano e também usar um spray anti-séptico na região.

Compartilhe:

1 / 8
1
03:08
Será que você tem sinestesia?
Ouvir um som e sentir um gosto na boca; ver o número 8 como roxo. Nada disso é loucura: tratam-se …
2
02:23
Banho do Bebê – Sikana
Esse vídeo integra o capítulo “Higiene do Bebê” e contou com o apoio técnico de profissionais de saúde da Perinatal, …
3
02:13
Os benefícios da camisinha feminina
Muitos talvez não saibam, mas a camisinha feminina conta com uma série de benefícios. Além de prevenir a gravidez, protege …
4
05:54
Maternidade e sexo – Ana Paula Xongani
A criadora de conteúdos e empresária Ana Paula Xongani contou o que mudou na sua vida sexual após a maternidade.
5
04:55
Prazer das minas – Thaís Mayume Higa
A escritora e editora Thaís Mayume Higa conversou com a gente sobre os tabus envolvendo a sexualidade das minas.
6
07:03
Saúde LGBT – Thaís Machado e Iran Giusti
Conversamos com a médica da família e comunidade, Thaís Machado, e o fundador da Casa 1, Iran Giusti, para falar …
7
04:27
Sexo 60+ – Rita Cadillac
Conversamos com a Rita Cadillac para abordar o sexo após 60 anos de idade.
8
06:40
Dominatrix – BDSM
Estivemos em uma casa de BDSM para desvendar o que está por trás destas quatro letras e entender este universo …