Jovem que chegou a pesar 29 kg conta como venceu a anorexia

Após vencer a anorexia, jovem resolveu ser nutricionista para ajudar pessoas

Por: Redação

Aos 25 anos, a paulista Amanda Costa é uma nutricionista esportiva bem-sucedida. Mas, na adolescência, a busca pelo corpo perfeito quase a levou à morte por conta de um distúrbio alimentar.

Quando tinha 16 anos, Amanda parou de se alimentar por achar que, para ser bonita, tinha que ser magra. O resultado: ela desenvolveu uma anorexia nervosa. No auge do distúrbio, a jovem, que nasceu em Cotia, na Grande SP, chegou a pesar 29 kg.

Anorexia
Crédito: Arquivo pessoalAmanda no auge da anorexia (à esq.) e hoje

“Eu tinha um corpo esbelto. Minhas amigas elogiavam minhas pernas, falavam que eram grossas, mas eu entendia que isso era ser gorda”, escreveu Amanda em um relato publicado no UOL.

Amanda conta que deixou de se alimentar após fazer jejum durante uma campanha na igreja que frequentava. Ela percebeu que ao deixar de comer no café da manhã, perdia peso. “Resolvi estender o período, não comia das 5h às 14h e emagreci 10 kg em quatro meses”.

Amanda conta ainda que tinha uma meta diária de perder 300 gramas e que, quando não conseguia, fazia exercícios físicos até a exaustão.

Tudo mudou quando sua mãe notou o emagrecimento repentino e a levou ao hospital. Após vários exames veio o diagnóstico de anorexia nervosa. “Os médicos diziam que eu estava cadavérica e que iria morrer se não me alimentasse”.

Na fase de reabilitação, Amanda contou que prestou vestibular e se especializou em nutrição esportiva para ajudar as pessoas a terem uma boa relação com a comida. Leia a íntegra do relato ao UOL clicando aqui.

Anorexia

A anorexia é um distúrbio alimentar que leva a pessoa a uma obsessão pelo seu peso e por aquilo que come.  Por ano, são registrados mais de 150 mil somente no Brasil
O principal sintoma é tentar manter-se num peso abaixo do normal por meio de jejum ou da prática excessiva de exercícios físicos.

Compartilhe: