Jovem viciado em vape sofre quatro colapsos nos pulmões

De acordo com os médicos, os pulmões do jovem pareciam com os de uma pessoa que fumava há 30 anos

Um adolescente, da Virgínia, nos EUA, viciado em vape sofreu colapsos no pulmões quatro vezes e precisou de cirurgia.

Draven Hatfield, de 19 anos, disse que começou a usar o cigarro eletrônico quando tinha 13 anos. Ele fumava uma caneta descartável a cada dois ou três dias.

Inicialmente, ele não ligou o vape aos colpasos nos pulmões
Créditos: reprodução/Kenedy news media
Inicialmente, ele não ligou o vape aos colpasos nos pulmões

Como ocorreram os colapsos nos pulmões?

Em outubro de 2021, o rapaz começou a sentir fortes dores no peito e cãibras nas laterais. Ele correu para o hospital, onde foi informado de que ele tinha sofrido um  pneumotórax espontâneo, ou colapso no pulmão esquerdo. Isso acontece quando o ar fica preso entre o pulmão e a parede torácica.

Depois de passar uma semana conectado a um tubo torácico, o rapaz voltou a fumar novamente, sem associar o problema ao uso de vape. Ele disse que a mesma coisa aconteceu uma semana depois.

https://www.instagram.com/p/CVlHnCarJsZ/

Após a terceira vez que seu pulmão entrou em colapso, ele conversou com um especialista e decidiu parar de fumar.

Na quarta vez que seus pulmões colapsaram, ele estava na escola e sentiu que o problema aconteceria novamente.

Ao chegar no hospital, os exames mostraram que seus pulmões pareciam com os de alguém que fumava três maços de cigarros por dia por mais de 30 anos.

A situação dessa vez era mais grave e os médicos, então, tiveram que operá-lo. O rapaz passou por bulectomia, um procedimento para remover bolsas de ar do pulmão.

Depois disso, ele se recuperou, mas ainda carrega cicatrizes e sente dor até hoje.

Perigos do vape

O vape é um dispositivo eletrônico que produz vapor a partir da evaporação de líquidos aromáticos ou nicotina. Os usuários inalam esse vapor através de um bocal, simulando a experiência de fumar um cigarro.

Ele vem ganhando popularidade nos últimos anos como uma alternativa ao cigarro tradicional. Porém, o seu uso pode ter consequências negativas para a saúde.

Algumas das preocupações mais importantes são:

  • Danos pulmonares: o vapor do vape pode irritar os pulmões, causando inflamação e danos a longo prazo. Algumas pesquisas sugerem que o vape pode até mesmo aumentar o risco de câncer de pulmão.
  • Dependência da nicotina: muitos vapes contêm nicotina, uma substância altamente viciante. O uso prolongado de vapes pode levar à dependência da nicotina, o que pode ser muito difícil de superar.
  • Doenças cardíacas: o uso de vapes pode aumentar o risco de doenças cardíacas, pois a nicotina pode causar danos às artérias e aumentar a pressão arterial.
  • Problemas respiratórios: algumas pessoas relatam problemas respiratórios após o uso de vapes, incluindo tosse, chiado no peito e falta de ar.