Últimas notícias:

Loading...

Mulher viraliza com leite materno rosa; entenda o fenômeno

A coloração, que impressionou usuários no TikTok, tem uma explicação simples

Por: Redação

A jovem Jo Johnson Overby, que é mãe de primeira viagem, viralizou no TikTok depois de publicar um vídeo em que mostra seu leite recém-extraído na cor rosa.

“Ninguém me disse que quando eu tivesse um bebê, se eu escolhesse amamentar, meu leite viria em uma variedade de cores”, disse no vídeo que já soma mais de 14 milhões de comentários.

leite materno rosa
Crédito: Reprodução/TikTok/jojohnsonoverbyMãe viraliza ao mostrar leite recém-extraído na cor rosa

A jovem explicou o motivo da coloração diferente da esperada. “É sangue. Mas o bebê pode beber”, disse.

Uma usuária da plataforma agradeceu a jovem por publicar o conteúdo. “TikTok está realmente me educando mais do que qualquer pessoa, então, de mulher para mulher, obrigado por este conteúdo.”

@jojohnsonoverby

Strawberry milk brought to you by an aggressive clog 🥲 #newmom #breastfeeding #pumping

♬ original sound – Jo Johnson

Por que o leite materno fica rosa?

Embora não tão comum, o leite com coloração rosa pode acontecer com qualquer mãe e, na maioria das vezes, não é algo preocupante. Muitas vezes, é um sinal de sangramento nos mamilos, como foi o caso de Johnson Overby após o uso de uma bombinha para extração.

Nesse caso, a coloração vai voltando ao normal à medida que mais leite flui dos seios.

A tonalidade do leite materno também pode mudar em razão de um crescimento benigno no duto de leite (conhecido como papiloma intraductal) ou do aumento do fluxo sanguíneo para os seios, condição conhecida como síndrome do tubo enferrujado, o que pode causar uma coloração amarronzada.

leite materno rosa
Crédito: Reprodução/Instagram/jojohnsonoverbyCondição de Jo Johnson Overby foi causada por sangramento nos mamilos

Quando é um sinal preocupante?

A coloração rosada do leite também pode indicar mastite (inflamação aguda dos tecidos da mama, que pode vir acompanhada de infecção bacteriana) ou até câncer de mama. Nesses casos, a coloração não  tende a clarear com o passar dos dias.

Outra condição mais séria que pode alterar a cor do leite é  a presença de Serratia marcescens, bactéria associada a várias doenças e até à morte. Essa condição, no entanto, é mais comumente observada em ambientes de terapia intensiva.

Compartilhe:

Tags: #Maternidade