Últimas notícias:

Loading...

Médicos alertam para vírus da pólio detectado no Reino Unido

Agência de saúde britânica investiga se há disseminação do vírus na comunidade

Por: Redação

Autoridade de saúde britânicas estão pedindo aos pais que atualizem a carteirinha de vacinação dos filhos após detectarem sinais de que o vírus da pólio está se espalhando pelo Reino Unido.

O alerta surgiu após uma inspeção de rotina a uma estação de tratamento de esgoto, em Londres, detectar rastos do vírus em amostras recolhidas entre fevereiro e maio.

De acordo com a Agência de Segurança de Saúde do Reino Unido (UKHSA), o rastro foi classificado como “poliovírus derivado de vacina”, ou poliomielite tipo 2.

Ainda segundo a UKHSA, o poliovírus derivado da vacina tem o potencial de se espalhar, principalmente em comunidades onde a aceitação da vacina é menor.

virus polio
Crédito: Theasis/istockTraços do vírus da pólio são detectados em esgoto no Reino Unido

Ainda não há casos confirmados, mas as amostras parecem confirmar a primeiro “surto de transmissão” no Reino Unido desde 1984, e sugerem que o vírus se espalhou entre um pequeno número de pessoas, possivelmente numa família numerosa na capital.

Poliomielite

A poliomielite, também chamada de pólio ou paralisia infantil, é uma doença infecciosa que afeta mais comumente crianças menores de cinco anos. A doença é causada por um vírus que vive no intestino, chamado poliovírus, que ataca o sistema nervoso e em alguns casos extremos pode levar à paralisia.

De acordo com o Ministério da Saúde, a transmissão ocorre por contato direto pessoa a pessoa, pela via fecal-oral (mais frequentemente), por objetos, alimentos e água contaminados com fezes de doentes ou portadores, ou pela via oral-oral, por meio de gotículas de secreções da orofaringe (ao falar, tossir ou espirrar).

O vírus é altamente contagioso, e uma pessoa pode transmiti-lo mesmo quando não está doente. O último caso de poliomielite contraída na Grã-Bretanha foi em 1984 e o país foi declarado livre da pólio em 2003.

pólio
Crédito: Shylendrahoode/istockTraços do vírus da pólio são detectados em esgoto no Reino Unido

Sintomas

Os sintomas mais frequentes são febre, mal-estar, dor de cabeça, de garganta e no corpo, vômitos, diarreia, constipação (prisão de ventre), espasmos, rigidez na nuca e até mesmo meningite. Nas formas mais graves instala-se a flacidez muscular, que afeta, em regra, um dos membros inferiores.

A vacinação é a única forma de prevenção da poliomielite. Todas as crianças menores de cinco anos de idade devem ser vacinadas conforme esquema de vacinação de rotina.

https://catracalivre.com.br/saude-bem-estar/vacina-de-gotinha-da-polio-pode-ajudar-a-proteger-contra-coronavirus/

Compartilhe:

Tags: #Doença
?>