Mulher tem os seios retirados após falso diagnóstico de câncer de mama

Além da mastectomia dupla, inglesa fez um longo tratamento de quimioterapia até descobrir que não tinha nada

Por: Redação

Sarah Boyle, de 28 anos, teve os seios retirados e passou por meses de quimioterapia antes de os médicos admitirem que a diagnosticaram erroneamente com câncer de mama.

O falso diagnóstico foi dado em 2016 pelos médicos do Hospital Universitário de Royal Stoke, da Inglaterra. Os testes apontaram um tumor triplo negativo, um tipo de câncer altamente agressivo que atinge outros órgãos rapidamente.

mulher sem o cabelo no hospital
Crédito: WNS South West News ServiceSarah sofreu mastectomia dupla após falso diagnóstico de câncer

A retirada dos seios foi com intenção de evitar que o câncer se espalhasse. Após essa cirurgia, Sarah fez uma reconstrução para colocar implantes mamários. “Os últimos anos têm sido incrivelmente difíceis para mim e minha família. Saber que eu tinha câncer foi horrível, mas ter que passar por todo o tratamento e a cirurgia só para então descobrir que não precisava foi traumático”, contou ela ao Daily Mail.

Sarah teve um filho após o fim do tratamento, mas não pôde amamentá-lo. Agora, a preocupação dela é com a possibilidade de desenvolver câncer no futuro por causa do tipo de implante que ela realizou.

sarah com o filhinho no colo
Crédito: Reprodução/FacebookSarah não pôde amamentar o filho

Uma equipe de advogados especializados em negligência médica investigar o caso. O grupo conseguiu uma admissão de culpa do Hospital Universitário de North Midlands, ligado ao Serviço Nacional de Saúde e responsável por administrar o Royal Stoke.