Últimas notícias:
Loading...

O que ajuda a baixar a pressão arterial? Veja as dicas

A pressão alta é uma condição perigosa que pode levar a sérias complicações e causar a morte

A pressão alta, também conhecida como hipertensão, raramente apresenta sintomas, mas, se não for tratada, pode levar a problemas graves, como ataques cardíacos e derrames. Se você sofre com a condição, já se questionou como é possível baixar a pressão elevada.

Entender o que é a pressão arterial e como ela afeta o corpo é fundamental para prevenir e gerenciar os riscos.

A pressão alta quando não controlada pode causar problemas graves e até morte. Veja como baixar o número
Créditos: urbazon/istock
A pressão alta quando não controlada pode causar problemas graves e até morte. Veja como baixar o número

O que é pressão alta?

Para ficar claro, a pressão arterial é a força que o sangue exerce nas paredes das artérias quando é bombeado pelo coração. A pressão arterial é medida em milímetros de mercúrio (mmHg) e é composta por dois números:

  • a pressão sistólica (o primeiro número)
  • e a pressão diastólica (o segundo número)

Enquanto a pressão sistólica mede a pressão nas artérias quando o coração bate, a pressão diastólica mede a pressão nas artérias quando o coração está relaxado. Uma pressão arterial saudável é geralmente em torno de 120/80 mmHg.

Quando a pressão arterial está alta (igual ou maior que 14 por 9), significa que o coração precisa trabalhar mais para bombear o sangue pelo corpo.

Uma pessoa é hipertensa quando quando a pressão arterial está constantemente elevada acima do nível saudável.

Consequências da pressão alta

Quando o sangue está circulando com pressão elevada, ele pode machucar a camada fina e delicada dos vasos sanguíneos. Com isso, eles podem ficar endurecidos e se estreitarem podendo, com o passar dos anos, entupir ou romper.

As consequências podem incluir problemas cardíacos e circulatórios, incluindo ataque cardíaco e derrame.

No Brasil, por dia, cerca de 388 pessoas morrem por dia em decorrência da pressão alta, segundo dados do Ministério da Saúde.

E o que ajuda a baixar a pressão alta?

Felizmente, existem várias maneiras de diminuir a pressão arterial. A alimentação e a prática de exercícios físicos são os principais cuidados. Veja abaixo as medidas importantes:

Exercício físico ajuda a baixar a pressão alta
Créditos: Charday Penn/istock
Exercício físico ajuda a baixar a pressão alta
  1. Alimentação saudável: uma dieta saudável é uma das maneiras mais eficazes de baixar a pressão arterial. Alimentos ricos em potássio, como bananas, abacates e espinafre, podem ajudar a equilibrar os níveis de sódio no corpo e diminuir a pressão arterial. Além disso, alimentos ricos em ômega-3, como peixes oleosos e nozes, têm propriedades anti-inflamatórias e podem ajudar a reduzir a pressão arterial.
  2. Exercícios físicos: o exercício físico pode ajudar a fortalecer o coração, reduzir o estresse e melhorar a circulação sanguínea. É importante lembrar que o exercício não precisa ser intenso ou de longa duração. Atividades simples, como caminhar, nadar ou andar de bicicleta, podem ter um impacto positivo na pressão arterial.
  3. Redução do estresse: o estresse pode elevar a pressão arterial, portanto, é importante reduzir o estresse sempre que possível. Práticas como a meditação, ioga e a respiração profunda podem ajudar a diminuir o estresse e, consequentemente, a pressão arterial.
  4. Redução do consumo de álcool: se você tem pressão arterial elevada, é importante limitar a ingestão de álcool. Recomenda-se que homens limitem o consumo de álcool a duas doses por dia, enquanto as mulheres devem limitar o consumo a uma dose por dia.
  5. Controle do peso: o excesso de peso pode contribuir para a pressão arterial elevada. Portanto, é importante manter um peso saudável e controlar o índice de massa corporal (IMC). Uma alimentação saudável e a prática regular de atividades físicas podem ajudar a manter um peso saudável.

Quais os fatores de risco da pressão alta?

Em 90% dos casos, as pessoas herdam esse problema dos pais, mas há vários fatores que influenciam nos níveis de pressão arterial, tais como:

  • fumo;
  • consumo de bebidas alcoólicas;
  • obesidade;
  • estresse;
  • elevado consumo de sal;
  • níveis altos de colesterol;
  • falta de atividade física.

Além desses fatores de risco, o Ministério da Saúde alerta que a incidência da pressão alta é maior na raça negra, em diabéticos, e aumenta com a idade.

Quais os sintomas da pressão alta?

Há um grande número de pessoas andando por aí com pressão alta e sem saber, pois a condição quase nunca apresenta sintomas. Os sinais só aparecem quando a pressão está bastante alta.

Nesses casos, a pessoa pode apresentar dores de cabeça, náusea e vômito, tonturas, visão turva, palpitações cardíacas e arritmias.