Pesquisadores inibem capacidade do corpo de armazenar gordura

Por: Redação
Crédito: Getty Images/iStockphotoNossos corpos tendem a estocar gordura nas células para casos de emergência

Nossos corpos são extremamente eficientes em armazenar gordura dos alimentos em nosso tecido adiposo. No entanto, em um novo estudo, pesquisadores da Universidade de Copenhage conseguiram bloquear essa capacidade, pelo menos em ratos.

Os camundongos foram alimentados com uma dieta extremamente rica em gordura e mesmo assim não tiveram ganho de peso. O resultado foi alcançado depois que os pesquisadores conseguiram excluir a enzima NAMPT no tecido adiposo dos camundongos.

Vários estudos demonstraram que a presença de grandes quantidades da enzima NAMPT no sangue e no tecido adiposo do estômago está significativamente relacionada com excesso de peso ou obesidade. No entanto, este estudo fornece a primeira evidência de que a falta de NAMPT no tecido adiposo protege totalmente contra a obesidade.

Crédito: Getty Images/iStockphotoRatos tiveram uma dieta rica em gordura e mesmo assim não engordaram

“Damos aos ratos uma dieta que mais ou menos corresponde a continuamente comer hambúrgueres e pizza. Ainda assim, era impossível para eles expandir o tecido adiposo. Nosso objetivo final é que, ao entender essas bases fundamentais de como nos tornamos obesos, possamos aplicar nossas descobertas ao desenvolvimento de novas estratégias de tratamento para doenças metabólicas”, diz Karen Nørgaard Nielsen,  autora da publicação e Ph.D. estudante no Centro da Fundação Novo Nordisk para Pesquisa Metabólica Básica.

Ratos normais x ratos sem a enzima NAMPT

No estudo da Universidade de Copenhague, os pesquisadores compararam como camundongos normais e camundongos sem NAMPT em tecido adiposo ganharam peso quando receberam alimentos gordurosos ou uma dieta mais saudável e com baixo teor de gordura. Quando na dieta saudável, não houve diferença no peso corporal ou na quantidade de gordura entre os ratos normais e os ratos sem NAMPT.

No entanto, quando os animais receberam alimentos com alto teor de gordura, os ratos comuns ficaram muito obesos, mas os ratos sem NAMPT não ganharam mais peso do que quando estavam em uma dieta mais saudável. Além disso, os camundongos sem NAMPT mantiveram melhor controle da glicose no sangue do que os ratos normais quando ingeriram alimentos ricos em gordura.

Leia também:

Compartilhe: