Últimas notícias:

Loading...

Estudo descobre que remédio para artrite faz cabelo crescer

Medicamento testado em pessoas com alopecia areata pode indicar um caminho para o tratamento desses pacientes

Por: Redação

Um novo estudo apresentado na Reunião Anual de 2022 da Academia Americana de Dermatologia (AAD) em Boston, nos Estados Unidos, descobriu que o baricitinibe, remédio oral para artrite, pode ajuda o cabelo de pacientes com alopecia areata a crescer novamente.

Durante a pesquisa, os fios de um em cada três voltaram a crescer. Os dados foram publicados na revista científica The New England Journal of Medicine.

cabelo crescer
Crédito: AndreyPopov/istockCabelo de pacientes com alopecia areata voltou a crescer com remédio para artrite

Atualmente, não há terapias aprovadas para o distúrbio autoimune, mas esses dados podem fornecer um caminho para o tratamento de pacientes com alopecia.

Um número total de 654 pacientes com alopecia areata foram apresentados em ambos os estudos. Após uma dose oral de baricitinibe uma vez ao dia de 4 mg, 2 mg ou placebo por 36 semanas, os pesquisadores avaliaram a gravidade da alopecia de cada paciente.

O que eles observaram é que, em 36 semanas de tratamento, cerca de um terço dos pacientes que tomaram a dose mais alta viram o cabelo crescer novamente.

Resultados semelhantes também foram alcançados com crescimento de sobrancelhas e de cílios.

cabelo
Crédito: Chaichan Pramjit/istockRemédio pode indicar um caminho para o tratamento de pessoas com alopecia

Apesar do resultado promissor, o estudo observou acne, níveis de creatina quinase e níveis de colesterol de lipoproteína de baixa e alta densidade mais em pacientes tratados com baricitinibe do que com placebo.

Alopecia areata

A condição é uma doença autoimune que leva à perda de cabelo. Algumas pessoas perdem os fios apenas em alguns pontos. Outras perdem mais. Às vezes, o cabelo volta a crescer, mas cai novamente mais tarde.

A doença pode afetar qualquer pessoa, independentemente da idade e sexo, embora a maioria dos casos ocorra antes dos 30 anos.

A forma mais comum de tratamento da alopecia areata é o uso de corticosteroides, poderosos anti-inflamatórios que podem suprimir o sistema imunológico.

A alopecia areata é a mesma condição de Jada Pinkett, esposa do ator Will Smith. A doença virou assunto nesta semana após Smith dar um tapa em Chris Rock, durante a cerimônia do Oscar, por uma piada que o comediante fez sobre a cabeça raspada de Jada.

Compartilhe: