Risco de infarto aumenta durante as festas de fim de ano

Pesquisadores descobriram uma média de 50 ataques cardíacos em dias comuns e 69 casos na véspera de Natal

Por: Redação | Comunicar erro
homem sendo socorrido
Crédito: Pixel_away/istockPico de incidentes ocorrem às 22h de 24 de dezembro

Um grupo de pesquisadores da Universidade de Lund, na Suécia, alerta que a véspera de Natal é um dos momentos mais perigosos do ano para a saúde do coração. O alerta veio depois de um estudo constatar que as chances de infarto aumentam em 37% na noite de 24 de dezembro.

Segundo os pesquisadores, a chance de uma pessoa sofrer um ataque cardíaco nesse dia atinge seu pico quando o relógio bate às 22h. As chances do  mesmo acontece na noite de Réveillon também são consideráveis, aumentam em 20% em comparação com o resto do ano.

Para chegar a esse número, os pesquisadores analisaram dados de mais de 280 mil pessoas que deram entrada em hospitais da Suécia com infarto do miocárdio, entre os anos de 1998 e 2013.  O estudo foi publicado no British Medical Journal.

ataque cardíaco
Crédito: wildpixel/istockEstresse e excessos estariam ligados ao aumento de infartos no fim de ano

A possível justificativa para esse aumento seria o excesso de bebidas alcoólicas e alimentação, acreditam os autores do estudo. “O pico é muito pronunciado exatamente na véspera de Natal e nos dois dias seguintes, então, acho que é algo especificamente ligado à maneira como celebramos esses feriados”, disse David Erling, cardiologista da Universidade de Lund, ao jornal The Telegraph.

Ele também apontou sentimentos típicos dessa época do ano como possível causa. “Não sabemos com certeza, mas a angústia emocional com a experiência aguda de raiva, ansiedade, tristeza e estresse aumenta o risco de um ataque cardíaco”.

Compartilhe: