Últimas notícias:

Loading...

RJ confima transmissão local de variantes brasileira e britânica

Mutações estão circulando pelo menos na cidade do Rio de Janeiro e em Nova Iguaçu, segundo as autoridades

Por: Redação
Ouça este conteúdo

O Governo do Rio de Janeiro confirmou na noite de quinta-feira, 18, que há transmissão local das variantes brasileira, oriunda de Manaus, e da britânica. Ou seja, as pessoas infectadas não viajaram para outros locais e as contaminações aconteceram dentro do próprio estado.

De acordo com as Secretarias de Saúde estadual e municipal, 4 pacientes sem registro de viagens foram infectados com as nova cepa do coronavírus, de origem amazonense. Dois deles são moradores da capital e já estão recuperados e outro é um morador de 55 anos de Belford Roxo, que morreu.

uti covid-19
Crédito: Divulgação/Governo do Estado de São PauloUm dos pacientes contaminado com a variante brasileira morreu na terça-feira

Além dessas quatro pessoas, existe uma quinta que viajou a Manaus e já foi diagnosticada com a cepa amazonense, chamada de P.1.

Já o paciente identificado com a variante britânica é morador da capital e também já está recuperado.

Segundo nota das secretarias,  as novas cepas já estão circulando pelo na cidade do Rio de Janeiro, e provavelmente, em Nova Iguaçu. Porém a possibilidade é grande dessas variantes já estarem em outros municípios.

Estudos apontam que, neste momento, não há evidência científica de que as novas cepas identificadas no estado do Rio de Janeiro provoquem casos mais graves de covid-19. No entanto, já se sabe que essas variantes se disseminam com maior facilidade.

Compartilhe: