Últimas notícias:

Loading...

Rompimento de cisto de ovário: dor, sangramento outros sinais

A ruptura pode acontecer quando houve a formação de um cisto muito grande

Por: Redação

A formação de cisto de ovário muitas vezes é um processo normal, chamado de cisto funcional. É resultado do ciclo menstrual e costuma ir embora sem qualquer tipo de tratamento. Porém, outros tipos de cistos têm maior probabilidade de aumentarem muito de tamanho, o que pode torná-los mais propensos a se romper.

Essas rupturas, podem ocorrer após um grande esforço físico ou durante a relação sexual.

cisto no ovário
Crédito: Dr_Microbe/istockFormação de cistos no ovário são comuns, mas em alguns casos

O que acontece quando o cisto se rompe?

Quando um cisto ovariano se rompe, o líquido dentro dele escorre para a cavidade pélvica, podendo irritar o revestimento do abdômen e, com isso, causar dor.

Ao que ficar atenta?

Quanto maior um cisto, maiores são as chances dele se romper. Por isso, é preciso ficar atenta a algumas alterações que podem indicar a presença de um cisto de tamanho anormal. Dores na parte inferior do abdômen, juntamente com inchaço ou sensação de pressão na região pélvica ou abdominal são alguns dos sinais.

Além disso, pode haver dor durante o ato sexual, vontade de urinar frequentemente, dificuldade ou vontade súbita de evacuar e ganho de peso.

Sintomas do rompimento

Algumas mulheres, não sentem nada quando acontece a ruptura do cisto e por isso nem saberão que isso ocorreu. Outras, no entanto, sentem dor muito repentina e intensa na pelve.

Em alguns casos, pode haver sangramento vaginal ineserado, mas geralmente sem hemorragias graves.

rompimento cisto de ovário

De acordo com a Mayo Clinic, um importante centro médico dos Estados Unidos, a pessoa deve procurar um pronto-socorro caso apresente, além dos sintomas acima, febre, vômito, fraqueza, respiração muito rápida, pele úmida.

Caso haja suspeita de rompimento de cisto ovariano, os médicos poderão fazer um exame pélvico e um ultrassom transvaginal para investigar melhor o que está acontecendo.

Caso o cisto tenha realmente se rompido, é possível ver o fluido que vazou na cavidade abdominal. Em alguns casos, uma laparoscopia pode ser feita, o que envolve o uso de uma ferramenta fina e iluminada para examinar melhor a área e, potencialmente, remover o cisto ovariano ou controlar o sangramento.

Prevenção

Embora não haja como prevenir os cistos ovarianos, exames ginecológicos regulares ajudam a garantir que as alterações nos ovários sejam diagnosticadas o mais cedo possível.

Compartilhe: