Saiba como combater a dificuldade de atingir o orgasmo

Conheça práticas que podem ajudar nesse processo

Por: Personare | Comunicar erro

A anorgasmia – nome dado para a dificuldade de chegar ao orgasmo – atinge 60% da população feminina, segundo um estudo americano publicado no Journal of Sex & Marital Therapy.

Você já deve ter escutado que se você teve um orgasmo, com certeza saberá. Esse tipo de afirmação pode deixar pouco à vontade quem tem dificuldades de atingir o orgasmo ou mesmo quem nunca teve um.

Para ajudar a superar essa dificuldade, é importante entender que o orgasmo está definido dentro de um ciclo sexual.

mulher deitada na cama
Crédito: PixabayAnorgasmia atinge 60% das mulheres

Para ter um orgasmo é preciso que haja o desejo sexual, que você esteja excitada e vivencie o platô de prazer. Entendendo isso, é possível afirmar que orgasmo é um prazer que aumenta gradativamente e atinge o seu clímax, seguido de um relaxamento. Se isso já aconteceu, você teve um orgasmo.

O que dificulta o orgasmo?

O uso frequente de alguns remédios pode diminuir a libido, como alguns antidepressivos, ansiolíticos e bloqueadores adrenérgicos. Além disso, a radioterapia na área da pelve, altas doses de narcóticos e uso abusivo de álcool também podem prejudicar o prazer sexual.

A educação repressora é também um fator que leva a disfunções e bloqueios sexuais, assim como traumas gerados por abuso sexual.

Alguns problemas de saúde podem diminuir a libido e dificultar o orgasmo, como: traumas na medula espinhal, lesões nos nervos pélvicos ou genitais, episiotomia em parto (corte cirúrgico feito no períneo, entre a vagina e o ânus), esclerose múltipla, mielite, diabetes, entre outros.

Como atingir o orgasmo?

O que ajuda bastante a ter um orgasmo é conhecer o próprio corpo e criar um vínculo de amor com ele. A concentração durante a prática sexual também é fundamental. Para ajudar nisso, use 3 gotas dos óleos essenciais de limão e cardamomo no difusor elétrico e deixe no ambiente. Continue lendo aqui para conhecer outras práticas que podem trazer a solução para esse problema.

Texto produzido pela terapeuta especializada em sexualidade e saúde ginecológica Roberta Struzani e publicado no Personare.

Compartilhe:

Autor: Personare

Termos da rede:

Este conteúdo - assim como as respectivas imagens, vídeos e áudios - é de responsabilidade do usuário personare da Rede Catraca.

O Catraca Livre disponibiliza espaço no site para que qualquer interessado possa contribuir com cidades mais acolhedoras, educadas e criativas, sempre respeitando a diversidade de opiniões.

As informações acima são de responsabilidade do autor e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.

1 / 8
1
04:46
Os perigos do movimento antivacina
O político italiano e ativista antivacina, Massimiliano Fedriga, foi internado para se tratar de uma catapora. Seria engraçado, senão fosse …
2
03:08
Será que você tem sinestesia?
Ouvir um som e sentir um gosto na boca; ver o número 8 como roxo. Nada disso é loucura: tratam-se …
3
02:23
Banho do Bebê – Sikana
Esse vídeo integra o capítulo “Higiene do Bebê” e contou com o apoio técnico de profissionais de saúde da Perinatal, …
4
02:13
Os benefícios da camisinha feminina
Muitos talvez não saibam, mas a camisinha feminina conta com uma série de benefícios. Além de prevenir a gravidez, protege …
5
05:54
Maternidade e sexo – Ana Paula Xongani
A criadora de conteúdos e empresária Ana Paula Xongani contou o que mudou na sua vida sexual após a maternidade.
6
04:55
Prazer das minas – Thaís Mayume Higa
A escritora e editora Thaís Mayume Higa conversou com a gente sobre os tabus envolvendo a sexualidade das minas.
7
07:03
Saúde LGBT – Thaís Machado e Iran Giusti
Conversamos com a médica da família e comunidade, Thaís Machado, e o fundador da Casa 1, Iran Giusti, para falar …
8
04:27
Sexo 60+ – Rita Cadillac
Conversamos com a Rita Cadillac para abordar o sexo após 60 anos de idade.