São Paulo tem 1º caso de contágio local de sarampo em 4 anos

O sarampo é uma doença altamente contagiosa, mas pode ser evitada com vacina

Por: Redação | Comunicar erro

Um professor de 32 anos é o primeiro caso autóctone de sarampo desde 2015, de acordo com a Secretária Municipal da Saúde.  A transmissão autóctone é quando a pessoa é contaminada na própria cidade.

Além desse, foram confirmados ainda outros quatro casos importados da doença. Há ainda 92 suspeitas em investigação, sem nenhuma morte.

Antes desse caso de transmissão local, a secretaria havia divulgado três pessoas diagnosticadas com sarampo na cidade, mas que contraíram a doença na Noruega, em Malta e em Israel.

O sarampo é uma doença altamente contagiosa que pode ser transmitida pela fala, tosse e espirro, mas é evitável por meio de duas doses de vacina, que são oferecidas gratuitamente pelo SUS. São elas: a vacina tríplice viral, que também protege contra a caxumba e a rubéola; e a vacina tetra viral, que protege ainda contra a caxumba, a rubéola e a varicela.

ilustração 3d do vírus do sarampo
Crédito: Design Cells/istockO sarampo é causado por um vírus normalmente transmitido por meio de contato direto e pelo ar

De acordo como Calendário Nacional de Vacinação, a vacinação contra o sarampo está indicada da seguinte forma:

Pessoas de 12 meses a 29 anos de idade têm indicação para receber duas doses de vacina contendo componente sarampo, sendo a primeira dose aos 12 meses com a vacina tríplice viral e uma dose aos 15 meses com a vacina tetra viral (esta dose corresponde à segunda dose da tríplice viral e à primeira dose da varicela). A tetra viral pode ser dada a crianças até 4 anos 11 meses e 29 dias que não tenham sido vacinadas oportunamente aos 15 meses. Pessoas de cinco a 29 anos não vacinadas ou que estejam com esquema incompleto devem receber a vacina tríplice viral conforme a situação encontrada. O indivíduo é considerado vacinado quando comprovar o recebimento de duas doses de vacina contendo componente sarampo.

Pessoas de 30 a 49 anos não vacinadas têm indicação para receber uma dose de vacina tríplice viral.

Quem tomar a vacinação contra o sarampo conforme preconizado para sua faixa etária, não precisa receber a vacina novamente.

Confira as vacinas que são  disponibilizadas pela rede pública de saúde durante todo ano gratuitamente:

lista com toda relação de vacinas disponíveis
Crédito: divulgação/Ministério da SaúdeFique atento à sua carteirinha de vacinação

Saiba mais sobre os sintomas e a transmissão do sarampo no link abaixo:

Compartilhe:

1 / 8
1
02:37
A primeira vez no ginecologista
A Dra. Marianne Pinotti, ginecologista e obstetra fala sobre a primeira consulta no ginecologista. Tem um momento exato para a primeira …
2
03:53
Decisão da Anvisa deve liberar a maconha medicinal no país
A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou duas propostas que podem liberar a maconha para fins medicinais e científicos …
3
02:51
O que é o projeto Cuide-se
Em parceria com a ONG Horas da Vida, o Catraca Livre produz vídeos com especialistas para dar dicas de saúde. No …
4
02:18
Vacina contra a gripe é liberada para toda a população
O Ministério da Saúde estendeu a campanha de vacinação contra a gripe para toda a população enquanto durarem estoques dos …
5
05:00
Quais os sintomas que a maconha pode trazer?
Dr. Jair de Jesus Mari, professor titular de psiquiatria da UNIFESP , fala sobre os sintomas que o uso de …
6
03:19
Natureza contra a depressão
A depressão é uma das doenças mais comuns do mundo moderno em grandes cidades e a falta de contato com …
7
02:42
Reconheça facilmente os níveis da depressão
Dr. Jair de Jesus Mari, professor titular de psiquiatria da UNIFESP , fala sobre os principais sinais da ansiedade. Esse vídeo …
8
03:20
Saiba o que é a doença “Pescoço de Texto”
Juliana Santos, Terapeuta Manual de dores crônicas e agudas fala sobre a doença de Pescoço de Texto. Esse vídeo faz parte …