Últimas notícias:

Loading...

Saúde prepara mutirão para não perder validade da vacina da Janssen

Essa primeira remessa da vacina, que tem aplicação em dose única, deverá ser distribuída somente nas capitais

Por: Redação

O Brasil vai receber em breve 3 milhões de doses da vacina da Janssen contra a covid-19. Acontece que essa remessa vinda dos Estados Unidos tem prazo de validade curto, as vacinas vencem já no dia 27 de junho. Com isso, o Ministério da Saúde terá menos de duas semanas para para receber, distribuir e aplicar todas essas doses a tempo.

Para acelerar todos esse processo logístico, a pasta vai organizar um mutirão de vacinação nas capitais e para isso quer contar com a ajuda do Exército.

vacina janssen
Crédito: Tomwang112/istockBrasil vai fazer mutirão para aplicar doses da vacina Janssen, perto do prazo de vencimento

A chegada dessa remessa está prevista para a semana que vem, mas sem data exata ainda. O Ministério da Saúde aguarda a liberação da farmacêutica americana e da agência reguladora de medicamentos dos EUA, a FDA.

O imunizante da Janssen que teve fase de testes clínicos no Brasil já foi aprovado pela Anvisa para uso emergencial. A temperatura de armazenamento da vacina facilita a logística. Ela pode ser mantida entre 2ºC e 8ºC em refrigeradores comuns.

O diferencial da vacina da Janssen é que ela é aplicada em dose única, não precisa da dose de reforço.

O Ministério da Saúde tem um contrato com a empresa Johnson & Johnson, da farmacêutica Janssen, com entrega prevista de 38 milhões de imunizantes ao Brasil entre outubro e dezembro de 2021. As 3 milhões de doses aguardadas para a próxima semana fazem parte desse montante, mas foram antecipadas para junho. O restante deverá ser entregue dentro do acordo estabelecido.

Compartilhe: