Últimas notícias:

Loading...

Sepse: entenda o caso da jovem internada após usar short apertado

Norte-americana teve choque séptico e precisou ficar na UTI; veja o que causa o quadro

Por: Redação

Uma jovem de 25 anos, que mora nos Estados Unidos, foi internada na UTI com quadro de sepse, infecção generalizada, depois de usar um short muito apertado. O caso aconteceu em 2018, mas viralizou só agora após ela relatar o ocorrido em sua conta no TikTok.

Segundo a jovem, identificada apenas como Sam, o problema foi ela ter usado a roupa por mais tempo que o previsto, em um passeio que durou cerca de 8 horas com o namorado.

sepse
Crédito: Reprodução/TikTok/@imtoooldtobeonthisDepoimento de Sam repercutiu nas redes sociais

Ela conta que a peça justa estava fazendo com que a lingerie que usava no dia provocasse atrito com a pele, causando desconforto.

Durante o passeio, porém, ela não se importou tanto, o problema foram as dores intensas depois.

short apertado
Crédito: Reprodução/TikTok/@imtoooldtobeonthisJovem relata quadro de sepse após usar short apertado por muito tempo

“Naquela noite, percebi um inchaço no local do atrito e, com o passar do tempo, começou a doer mais”, disse ela em entrevista ao BuzzFeed.

Foi então, que Sam procurou um hospital. Ela conta que os médicos que a atenderam disseram que poderia ser uma infecção bacteriana na pele, entre as nádegas, e receitaram antibióticos. Porém, no dia seguinte, como as dores não cessaram, ela resolveu ir ao pronto-socorro.

Dessa vez, o diagnóstico foi choque séptico e celulite infecciosa. “Eu estava tremendo, sem fôlego, não conseguia andar e tinha dores extremas no corpo. Eles me internaram na UTI e foi aí que percebi que era mais sério do que eu imaginava”, disse ela.

O que e choque séptico?

O choque séptico é uma complicação da sepse, causada por uma infecção grave, com falência circulatória. A condição é uma emergência médica com alto risco de vida.

Os sinais do choque séptico incluem febre, pressão baixa, diminuição da produção de urina e confusão mental.

O tratamento é feito na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), com uso de medicamentos e antibióticos para regularizar as funções cardíacas e renal e eliminar o microrganismo causador da infecção.

De acordo com o Manual MSD, a maioria dos casos de choque séptico é causada por bactérias adquiridas no hospital.

O que é celulite infecciosa?

É também conhecida como celulite bacteriana porque é causada por esses microrganismos que entram no corpo por meio de uma ferida ou corte na pele.

Os sintomas mais comuns são dor, manchas vermelhas e calor no local da lesão. Também podem ocorrer febre e mal-estar. De forma geral, o tratamento envolve o uso de antibióticos e analgésicos para reduzir a dor.

Compartilhe: