Sobe para 21 o número de casos suspeitos de intoxicação por cerveja

Até agora, quatro pessoas morreram suspeitas de intoxicação por dietilenoglicol

Por: Redação

Subiu para 21 o número de casos suspeitos de intoxicação por dietilenoglicol –19 homens e duas mulheres. Segundo a Secretaria de Saúde de Minas Gerais, quatro casos tiveram a intoxicação confirmada e 17 estão sob investigação.

Até agora, quatro pessoas morreram. Três dessas mortes estão entre os 17 casos sob investigação. Uma das mortes, de um homem de Juiz de Fora, em 7 de janeiro, teve a contaminação confirmada. As outras três mortes estão sob investigação.

Crédito: DivulgaçãoO dietilenoglicol, substância usada no processo de refrigeração de cervejas, foi encontrado em duas amostras da cerveja Belorizontinaerveja

A ingestão de dietilenoglicol pode provocar a síndrome nefroneural e levar a insuficiência renal aguda e alterações neurológicas, como paralisia facial, embaçamento ou perda da visão, entre outros sintomas.

O dietilenoglicol estava presente em cervejas produzidas pela cervejaria mineira Backer e consumidas por essas pessoas. O uso do monoetilenoglicol é normal no processo de fabricação. A substância é usada para resfriamento, mas a cervejaria afirma que não usa o dietilenoglicol no processo de produção da bebida.

Inicialmente, as duas substâncias foram encontradas na marca Belorizontina, que é vendida como Capixaba no Espírito Santo. No entanto, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento confirmou a presença de substâncias tóxicas em outras cervejas produzidas pela Backer: Capitão Senra, Pele Vermelha, Fargo 46, Backer Pilsen, Brown e Backer D2.

Depoimentos

A Polícia Civil de Minas Geraisouviu nesta segunda-feira, 20, parentes de pessoas intoxicadas. Três testemunhas têm parentesco com pessoas hospitalizadas e uma é familiar de um dos mortos.

Em entrevista à Agência Brasil, o delegado Flávio Grossi, que preside o inquérito, disse que irá pedir à Justiça a exumação do corpo da mulher que teria sido a primeira vítima da intoxicação. Ela morreu em 28 de dezembro, ou seja, antes da detecção da substância nas cervejas.

A polícia voltou nesta segunda-feira, 20, à fábrica da Backer, em Belo Horizonte, para tirar dúvidas sobre o processo de produção da cerveja. Os agentes levaram mais amostras para análise.

Os agentes também foram na empresa que fornece monoetilenoglicol para a Backer e recolheram amostras da substância.


Imagem Carnaval Sem Assedio

Compartilhe:

1
Coronavírus: doença pode se tornar uma epidemia no Brasil?
Desde os primeiros rumores do surto de coronavírus na cidade de Wuhan, na China, em dezembro, uma enxurrada de informações …
2
Brasil registra primeira suspeita de coronavírus
Em nota, a Secretária de Saúde do Estado de Minas Gerais confirmou a primeira suspeita de coronavírus, doença misteriosa que …
3
Doença desconhecida preocupa médicos e autoridades na China
Uma pneumonia viral e com causas desconhecidas tem despertado a atenção de médicos, especialistas e autoridades na cidade Wuhan, região …
4
Fone de ouvido: o que ele pode causar na sua audição
Segundo informações da Organização Mundial da Saúde (OMS), quase 50% da população entre 12 e 35 anos corre o risco …
5
Câncer de próstata: saiba o que é e como se prevenir da doença
O câncer de próstata é o segundo tipo de tumor mais comum entre os brasileiros. De acordo com informações do …
6
03:38
Cuidados e prevenções para a saúde das mulheres
Dores menstruais parecem típicas, mas podem ser um sinal de endometriose.Hoje, a Dra. Luiza Cadioli, médica de família e comunidade, …
7
02:37
Saiba quais são os sintomas do Transtorno bipolar
O transtorno bipolar vai além das variações de humores.Hoje, o Dr. Jair de Jesus Mari, psiquiatra e professor da Unifesp, …
8
01:40
O que é a Fibromialgia e quais os sintomas?
Você já sentiu dores intensas em algumas partes do corpo?Hoje, a Dra. Luiza Cadioli, médica de família e comunidade, fala …