Surto de catapora nos EUA tem origem em comunidade antivacina

Motivos religiosos não permitem que as crianças sejam vacinadas, revela a BBC

Por: Redação | Comunicar erro
costas de criança com bolhas de catapora
Crédito: Mixmike/istockManchas e bolhas pelo corpo são alguns dos sinais de catapora

Uma investigação apontou que uma comunidade antivacina de uma escola da Carolina do Norte está no centro do maior surto de catapora do Estado americano. A informação foi divulgada pela BBC.  Na sexta-feira, a instituição Asheville Waldorf teve 36 dos seus alunos diagnosticados com a doença, segundo um jornal local.

A  BBC apurou que o colégio tem uma das taxas de dispensa de imunização por razões religiosas mais altas do Estado. Isso permite que os alunos não sejam vacinados. De acordo com o jornal Citizen-Times, dos 152 estudantes da instituição, 110 não foram vacinados contra o vírus varicela-zóster, causador da catapora.

“Descobrimos que os pais são altamente motivados a escolher exatamente o que querem para os seus filhos. Nós, como escola, não discriminamos com base no histórico médico ou na condição médica de uma criança”, afirmou um porta-voz do colégio.

A situação tem sido acompanhada de perto pelas autoridades de saúde locais, de acordo com o departamento de saúde do condado. “Queremos ser claros: a vacinação é a melhor proteção contra a catapora”, diz a diretora médica do condado, Jennifer Mullendore, em um comunicado.

Vacinas como as contra catapora, caxumba e sarampo são exigência para crianças da Carolina do Norte,  mas o Estado permite não obrigatoriedade por razões médicas e religiosas.

As autoridades alertam, no entanto, que a vacina é a melhor forma de prevenção contra a catapora. A doença é altamente contagiosa e pode se espalhar facilmente.

Contágio de catapora

A catapora se manifesta por meio de manchas vermelhas e bolhas no corpo. As bolhas surgem inicialmente na face, no tronco ou no couro cabeludo, e se espalham, transformando-se em pequenas vesículas cheias de um líquido.

O contágio da catapora acontece através do contato com esse líquido da bolha ou pela tosse, espirro e saliva ou por objetos contaminados pelo vírus. O período de incubação é de 4 a 16 dias e a transmissão se dá entre 1 a 2 dias antes do aparecimento das lesões de pele e até 6 dias depois, quando todas as lesões estiverem na fase de crostas.

Além das bolhas e manchas, a catapora também causa mal-estar, cansaço, dor de cabeça, perda de apetite e febre baixa. As principais complicações da catapora são a encefalite, a pneumonia e infecções na pele e ouvido.

Ao perceber os primeiros sintomas, é necessário procurar um serviço de saúde para que um profissional possa orientar o tratamento e avaliar a gravidade da doença.

Vacina contra catapora

criança sendo vacinada
Crédito: Marcelo Camargo/Agência BrasilVacina é a única forma de prevenção

Desde 2013, a vacina contra a catapora faz parte do calendário básico de vacinações oferecido pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Além da catapora, a tetra viral imuniza contra sarampo, caxumba e também rubéola.

A Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) e a Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm) recomendam duas doses da vacina varicela: a primeira aos 12 meses e a seguinte entre 15 e 24 meses de idade.

Compartilhe:

Tags: #doenca
1 / 8
1
03:53
Decisão da Anvisa deve liberar a maconha medicinal no país
A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou duas propostas que podem liberar a maconha para fins medicinais e científicos …
2
02:51
O que é o projeto Cuide-se
Em parceria com a ONG Horas da Vida, o Catraca Livre produz vídeos com especialistas para dar dicas de saúde. No …
3
02:18
Vacina contra a gripe é liberada para toda a população
O Ministério da Saúde estendeu a campanha de vacinação contra a gripe para toda a população enquanto durarem estoques dos …
4
05:00
Quais os sintomas que a maconha pode trazer?
Dr. Jair de Jesus Mari, professor titular de psiquiatria da UNIFESP , fala sobre os sintomas que o uso de …
5
03:19
Natureza contra a depressão
A depressão é uma das doenças mais comuns do mundo moderno em grandes cidades e a falta de contato com …
6
02:42
Reconheça facilmente os níveis da depressão
Dr. Jair de Jesus Mari, professor titular de psiquiatria da UNIFESP , fala sobre os principais sinais da ansiedade. Esse vídeo …
7
03:20
Saiba o que é a doença “Pescoço de Texto”
Juliana Santos, Terapeuta Manual de dores crônicas e agudas fala sobre a doença de Pescoço de Texto. Esse vídeo faz parte …
8
05:29
Sinais de que o bebê vai nascer
Claudio Basbaum, obstetra na Maternidade de São Luiz, é conhecido como o médico que implantou no Brasil o parto humanizado. Esse …