Últimas notícias:

Loading...

SUS tem primeiro medicamento para casos leves de covid-19

Medicamento de uso oral é a combinação de dois antivirais

Por: Redação

O Ministério da Saúde incorporou o medicamento composto pelos antivirais nirmatrelvir e ritonavir ao Sistema Único de Saúde (SUS). Esse é o primeiro medicamento para tratamento de pacientes com quadro leves a moderados de covid-19 e alto risco de complicações a ser incluído na rede pública.

A decisão foi publicada na sexta-feria, 6, no Diário Geral da União e a pasta tem 180 dias para disponibilizar o medicamento no SUS.

OMS recomenda remédios covid
Crédito: Serhii Tychynskyi/istock SUS terá primeiro medicamento para covid leve e moderada

O medicamento será ofertado para pacientes adultos imunocomprometidos ou com idade igual ou superior a 65 anos. O tratamento só poderá ser utilizado em caso de teste positivo para covid-19 e em até cinco dias após início dos sintomas.

De acordo com pesquisas, a droga que mistura dois antivirais ajuda a reduzir a evolução da doença para quadros graves. A associação medicamentosa entre o nirmatrelvir e o ritonavir é administrada por via oral.

O nirmatrelvir é uma molécula inibidora de uma importante enzima do SARS-CoV-2. Com isso, o medicamento impede que o vírus se multiplique.

Já o ritonavir inibe a ação de uma enzima que degrada o nirmatrelvir. Com isso, potencializa a ação do medicamento.

Mais medicamentos no SUS

No mês passado, o Ministério da Saúde incorporou o medicamento baricitinibe para casos graves da covid-19. O medicamento de uso oral é indicado para tratar pacientes adultos hospitalizados com a doença e que necessitam de oxigênio por máscara ou cateter nasal, ou que necessitam de alto fluxo de oxigênio ou ventilação não invasiva.

Compartilhe: