Tata Werneck sofre de hiperêmese gravídica; entenda a síndrome

Apresentadora conta que já chegou a vomitar 15 vezes em uma única noite por conta da condição

Por: Redação
tatá werneck gravidez
Crédito: Reprodução/MultishowCondição enfrentada por Tata Werneck causa mal-estar prolongado

Enjoos e mal-estar são comuns durante a gravidez, mas quando a vontade de vomitar ocorre com muita frequência e de maneira incontrolável, causando perda de peso e desidratação, é classificada como hiperêmese gravídica. A condição foi revelada pela apresentadora Tata Werneck recentemente em seu instagram.

“Você tem vontade de vomitar todos os seus órgãos no tapete da sala. Então passo o dia basicamente olhando pro teto”, escreveu ela.

Algumas seguidoras comentaram a publicação e pediram para que a apresentadora abordasse mais o assunto.

“Fale mais sobre a hiperêmese gravídica. Estou sofrendo com a gravidez também e nem imaginava que era assim, ninguém fala disso. Tenho salivação o tempo todo, enjoo. Entrei no quarto mês e não saio de casa. Quando conto para outras grávidas, escuto que gravidez não é doença, que sou uma grávida mole. Me sentia realmente assim até descobrir que outras mulheres também sofrem do mesmo mal. Desmistifique este assunto”, escreveu.

Tata, então, respondeu dizendo que a gravidez é um momento de transformação e que a mulher não deve se culpar.

“Grávida mole? Não existe grávida mole, mulher mole. É difícil mesmo! Eu estou até agora passando mal. Já vomitei 15 vezes só essa noite. Mas ainda não estou com três meses e tenho a esperança de que vai melhorar. Gravidez é um processo de transformação muito grande. Não há nada em você que não se modifique. Em um mês e meio saí de casa umas seis vezes (tirando idas a médica que vou toda semana). Não há romantismo. Há amor. Profundo. Eu estou na fase de estar totalmente apaixonada pelo bebê. Mas têm mulheres que demoram mais e é normal! Não se culpe por nada! Antes, você só tem uma ideia de que tem um bebê dentro de você, mas tudo já mudou. Amor, viva sua gravidez como tem que ser. Nenhuma gravidez é igual a outra e todas são legítimas. Deus abençoe seu bebezinho”, escreveu a apresentadora.

View this post on Instagram

Julgando a Yoga dos outros

A post shared by Tata Werneck (@tatawerneck) on

Hiperêmese gravídica

Em gestantes com hiperêmese gravídica, os enjoos característicos do início da gravidez não cessam, mesmo com medicamento. Além dos vômitos, a gestante também pode apresentar fraqueza relevante e perda de peso.

A condição traz graves consequências se não tratada adequadamente.  Um dos problemas é a perda de nutrientes, que pode prejudicar o crescimento do bebê.

Não se conhece ao certo as causas do problema, mas acredita-se que o hormônio HCG, que é produzido pela placenta durante a gestação, é o causador dos vômitos. Mas também existem outros fatores que podem estar relacionados com a condição; são eles:

  • Resposta anormal à gonadotrofina coriônica humana
  • Citotoxinas, sintetizadas a partir de substâncias encontradas nas vilosidades coriônicas, que alcançam a corrente sanguínea
  • Deficiência de vitamina B6

A síndrome também é comumente relacionada com mulheres que sofrem de algum distúrbio psicológico, como depressão ou gravidez indesejada.

Ao perceber que os vômitos são muito frequentes, a gestante deve procurar um médico obstetra, preferencialmente o mesmo profissional que já acompanha a gravidez desde o pré-natal.

O diagnóstico de hiperêmese gravídica é feito por meio da aferição de cetonas urinárias, TSH, eletrólitos séricos, exames de sangue de ureia, creatinina, AST, ALT, magnésio, fósforo e peso corporal.

Compartilhe: