Publicidade

Informar

Vídeo sensível mostra que melhor remédio contra o câncer é o amor

Por: Redação | Comunicar erro
...
Publicidade
Vídeo ultrassensível mostra a importância do amor na cura do câncer

Um vídeo que aborda o poder do amor na cura do câncer viralizou nas redes sociais. A animação 3D de quase 3 minutos representa a vida de um paciente em tratamento contra a doença. A animação faz parte da campanha do Hospital de Amor, antigo Hospital de Câncer de Barretos que mudou de nome recentemente.

O intuito da campanha é falar da importância da presença de familiares, profissionais de saúde e amigos no dia a dia dos pacientes, mostrando que o melhor remédio para tratar a doença é, antes de tudo, o amor.

Assista ao vídeo:

O vídeo já alcançou mais de 500 mil visualizações na internet, com inúmeros comentários de pacientes que se identificam com a animação e dividem suas histórias de superação do câncer.

Sobre o Hospital de Amor

A instituição, que tem 55 anos de história, é um dos maiores nomes em tratamento do câncer e atende tanto adultos quanto crianças. Este ano, o hospital pretende superar a meta de arrecadação de doações do ano passado, que foi de R$ 5 milhões.

De acordo com o presidente do Hospital, Henrique Prata, esses recursos são de extrema importância para unidade infanto-juvenil da entidade. “O Hospital infantil custa por mês cerca de R$ 3 milhões. Para conseguirmos custear esse trabalho com dignidade e humanização que as crianças merecem, precisamos do apoio da sociedade”, afirma.

O Hospital de Amor conta com unidades em vários municípios do país

Doações em dinheiro para o Hospital de Amor podem ser feitas pelos telefones:

0500 – 504 12 10 para doar 10 reais
0500 – 504 12 20 para doar 20 reais
0500 – 504 12 50 para doar 50 reais

Doações acima de 50 reais deverão ser feitas pelo site: www.hospitaldeamor.com.br

Leia também:

Compartilhe:

Publicidade
Publicidade

Você sabe o que é feminicídio?

O restaurante de comida havaiana do ex-masterchef Ravi

Conheça o lavandário de Cunha

ASMR: O fenômeno do "orgasmo mental"

Publicidade