Últimas notícias:
Loading...

Vitamina A: sintoma noturno pode ser deficiência do suplemento

Em casos graves e prolongados, a deficiência de vitamina A pode levar à cegueira permanente

Em casos graves e prolongados, a deficiência pode levar à cegueira permanente, conhecida como xeroftalmia – iStock/Getty Images
Créditos: Tero Vesalainen/istock
Em casos graves e prolongados, a deficiência pode levar à cegueira permanente, conhecida como xeroftalmia – iStock/Getty Images

Fundamental para o crescimento, a vitamina A age no desenvolvimento, manutenção da visão, sistema imunológico, reprodução e integridade da pele.

No entanto, sua deficiência de vitamina A pode ser causada por várias razões, e os sintomas podem variar em gravidade. A cegueira noturna, um dos mais comuns, se caracteriza pela dificuldade de enxergar bem à noite ou em condições de pouca luz.

Mas antes vamos às causas da deficiência de vitamina A. A falta do suplemento acomete mais as crianças e os idosos, especialmente nas regiões mais pobres.

Entre as causas da deficiência estão as carências alimentares – isso é particularmente comum em áreas com acesso limitado a alimentos frescos e variados – , a síndrome de má absorção, o uso abusivo de álcool e de laxantes com óleo mineral, uma vez que a vitamina A se dissolve na presença de gorduras.

A prevenção e o tratamento da deficiência geralmente envolvem melhorar a dieta para incluir alimentos ricos em vitamina A, como fígado, cenouras, batatas doces, espinafre, brócolis, ovos e laticínios.

Em alguns casos, suplementos de vitamina A podem ser prescritos por um profissional de saúde. No entanto, é importante ter cuidado ao tomar suplementos de vitamina A, pois o excesso também pode ser tóxico.

Sintomas da falta de vitamina A: 

Infecções frequentes: o sistema imunológico enfraquecido pode resultar em infecções respiratórias e gastrointestinais mais frequentes e graves.

Secura ocular: olhos secos e irritados, com possível ulceração da córnea.
 
Problemas de pele: a pele pode ficar seca, áspera e com descamação, além de ser mais propensa a infecções cutâneas.

Crescimento deficiente: em crianças, a deficiência de vitamina A pode levar a um crescimento retardado e atraso no desenvolvimento.
Problemas de reprodução: pode afetar a fertilidade e causar problemas durante a gravidez.

Cegueira: em casos graves e prolongados, a deficiência de vitamina A pode levar à cegueira permanente, conhecida como xeroftalmia.

Ao apresentar esses sintomas, é aconselhável procurar orientação médica para um diagnóstico preciso e orientação sobre como corrigir a deficiência de vitamina A de forma segura.