Últimas notícias:

Loading...

Voo com 2 milhões de doses da vacina de Oxford chega ao Brasil

Vacina começará a ser distribuída nos próximos dias

Por: Redação
Ouça este conteúdo

Um avião da companhia Emirates, com remessa de 2 milhões de doses da vacina Oxford/AstraZeneca contra covid-19 chegou ao Brasil nesta terça-feira, 23, vindo de Mumbai, na Índia. A aeronave pousou no Aeroporto de Guarulhos e depois segue para o Rio de Janeiro para ser distribuída pelo Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos (Bio-Manguinhos/Fiocruz).

As doses foram produzidas pelo Instituto Serum, parceiro da AstraZeneca na Índia e maior produtor mundial de vacinas. Mesmo prontas, as vacinas precisarão passar primeiro por Bio-Manguinhos para que possam ser rotuladas antes de serem distribuídas ao Programa Nacional de Imunizações. A previsão é que isso aconteça na quarta-feira, 24.

vacina oxford
Crédito: Tânia Rêgo/Agência BrasilCarga com 2 milhões de doses da vacina de Oxford chega ao Brasil

Além dessa carga, está prevista a chegada de mais 8 milhões para os próximos dois meses. E a Fiocruz trabalha na produção local da vacina. Segundo o acordo com a farmacêutica anglo-sueca, a Fiocruz vai produzir 100,4 milhões de doses de vacinas até julho, a partir de um ingrediente farmacêutico ativo (IFA) importado.

Também está em andamento na Fiocruz o processo de transferência de tecnologia para a produção do IFA no Brasil, o que tornará a fundação autossuficiente na produção das vacinas. A previsão é que as primeiras doses com IFA nacional sejam entregues ao Ministério da Saúde em agosto, e, até o fim de 2021, seja possível entregar 110 milhões de doses, elevando o total produzido no ano pela Fiocruz para 210,4 milhões.

Doses da Coronavac

O Instituto Butantan também informou que vai entregar nesta terça-feira 1,2 milhão de doses da vacina CoronaVac para o governo federal. Essa entrega faz parte das 3,4 milhões que serão distribuídas ao Ministério da Saúde nos próximos dias.

Um contrato entre o Instituto Butantan e o Ministério da Saúde assinado na última segunda-feira ainda garante para o fornecimento de 54 milhões de doses da CoronaVac para todo o país.

Com informações da Agência Brasil.

Compartilhe: