Últimas notícias:

Loading...

4 dicas de viagem seguras para descansar no Carnaval mais confuso da história

Confira formas de sair da rotina e manter as orientações de segurança contra a pandemia do covid-19

Ouça este conteúdo

Pode ter Carnaval, pode não ter Carnaval. O feriado deveria começar em duas semanas, mas, além do cancelamento dos blocos e desfiles das escolas de samba devido à pandemia do novo coronavírus, há pouca concordância sobre a situação da folga no país.

Para se ter uma ideia, as prefeituras de Florianópolis e Porto Alegre divulgaram nos últimos dias que não terão feriadão de carnaval, suspendendo o ponto facultativo de segunda (15/02) e de quarta-feira (17/02), mantendo apenas o feriado da terça (16/02). Já no Rio de Janeiro, a segunda-feira terá ponto facultativo.

carnaval coronavírus
Crédito: Fernando Maia / Riotur4 dicas de viagem seguras para descansar no Carnaval mais confuso da história

Outras cidades, como Belo Horizonte e Fortaleza, cancelaram até mesmo o feriado de terça-feira, sem data prevista para repor a folga, por enquanto. O mesmo acontece, por hora, em São Paulo, onde o Carnaval foi cancelado.

“Se existir a folga, o turismo acaba invariavelmente acontecendo, mas vai ser o primeiro ano em que o carnaval em si não é o atrativo no feriado de carnaval”, explica Luísa Dalcin, diretora de comunicação do buscador de viagens Viajala. “A grande questão é ter responsabilidade, porque a pandemia segue em alta e os cuidados são extremamente necessários. Se a pessoa vai viajar de qualquer forma, a solução é fazê-lo do jeito mais seguro possível, respeitando os protocolos de combate ao covid”.

Carnaval
Crédito: Divulgação/AirbnbAlguns destinos são extremamente concorridos nessa época

Para a executiva, o cancelamento das festas pode ajudar quem quer sair de casa respeitando o distanciamento social, já que os destinos serão impactados por essa mudança no calendário e podem registrar bem menos aglomeração.

Alguns destinos são extremamente concorridos nessa época, como Rio de Janeiro, Salvador, Recife e ultimamente até São Paulo. Mas o cancelamento de suas festas tradicionais e dos blocos de rua  pode dissipar a demanda para outros locais, espalhando o fluxo turístico pelo Brasil, diminuindo as aglomerações e proporcionando formas mais seguras de viajar.


#DicaCatraca: sempre lembre de usar a máscara de proteção, andar com álcool em gel, respeitar o distanciamento social e sair de casa somente se necessário! Caso pertença ao grupo de risco ou conviva com alguém que precise de maiores cuidados, evite passeios presenciais. A situação é séria! Vamos nos cuidar para sair desta pandemia o mais rápido possível. Combinado?


Segundo dados do Viajala, os destinos mais procurados pelos viajantes em janeiro de 2021 na plataforma, para viajar nas datas próximas do Carnaval, são Recife, Fortaleza, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo.

Outra facilidade para quem quer se isolar da sua própria casa nesse carnaval é a possibilidade de home office, sistema de trabalho em casa ainda aplicado por muitas empresas durante a pandemia. “Quem pretende fugir de aeroporto lotado e economizar nas passagens pode partir um ou dois dias antes do fim de semana, ou retornar pouco depois do feriado. Basta que possa trabalhar de casa e reserve um local com um sinal de internet rápido, de qualidade.”

Confira 4 ideias de viagem de descanso e isolamento para fazer neste Carnaval sem folia:

Hotel Fazenda

Um tipo de turismo romântico e familiar bem tradicional que voltou com tudo em 2020 é o hotel fazenda. Muita gente que cumpriu o isolamento social em apartamentos pequenos nas grandes cidades viu nos hotéis fazenda próximos uma forma de descansar em contato com a natureza em um ambiente controlado.

Carnaval
Crédito: DivulgaçãoPiscina do Clara Ibiúna Resort, pertinho de São Paulo e ideal para curtir o Carnaval com tranquilidade

“Esse tipo de turismo atraiu o público especialmente nos meses mais estressantes da pandemia, porque costuma proporcionar pensão completa, piscina, atividades infantis, tudo providenciado pelo local escolhido, sem que o hóspede tenha trabalho”, explica Luísa.

Praias desertas

Quem prefere ir para a praia está sujeito a lugares mais lotados, já que esse é o destino tradicional do Carnaval, com ou sem pandemia. Mesmo assim, dá para encontrar formas de enfrentar o mínimo de movimento possível. “Toda praia popular e lotada costuma ter por perto alguma mais discreta e vazia, é só descobrir qual é”, recomenda a executiva .

Crédito: Luísa Dalcin/ViajalaA Praia dos Carneiros é um dos lugares isolados do Nordeste

Um exemplo é trocar o Nordeste pelo Sudeste, a Bahia pelo Espírito Santo, por exemplo. Também dá para trocar um resort na concorrida Maragogi (AL) por uma pequena pousadinha pé na areia em uma praia da vizinha Japaratinga, que costuma ser mais tranquila. Ao lado da lotadíssima Porto de Galinhas (PE) está a Praia dos Carneiros, com uma faixa de areia maior, menos estrutura e muito mais isolamento.

Airbnb Isolado

Alugar uma casa isolada no Airbnb também esteve na moda em 2020 e a prática deve continuar em 2021, enquanto durarem as orientações de isolamento. “A gente nunca teve tanto tempo para pensar em um turismo de relaxamento, de calmaria, porque a ideia de viagem, no geral, é muito associada à visita ao ponto turístico, à fila no museu, práticas que ficaram de lado com a pandemia”, aponta Luísa.

Carnaval
Crédito: Divulgação/AirbnbAlugar uma casa isolada no Airbnb também esteve na moda em 2020

Procurar uma casa de temporada para o fim de semana ou o feriado é a solução mais prática: há possibilidades de alugar locais grandes, com mais espaço e área verde – algumas até com cachoeiras, lagos e trilhas na propriedade – perto das principais grandes cidades do Brasil.

Hotel Vinícola

Uma forma de manter o isolamento e os cuidados com a pandemia durante uma viagem é escolher um destino onde você possa ir de carro e ter todos os serviços disponíveis em um só lugar, sem precisar sair.

Carnaval
Crédito: DivulgaçãoSPA do Vinho, no Vale dos Vinhedos, na Serra Gaúcha

O Brasil possui alguns hotéis interessantes dentro de vinícolas, com serviço de bar, restaurante, degustação de vinhos, spa, picnics em áreas abertas, loja, passeios pela propriedade… bons exemplos são a Pousada Casa Valduga e o SPA do Vinho, no Vale dos Vinhedos, na Serra Gaúcha, pertinho de Porto Alegre, e a Vale do Vinho, em Cunha, São Paulo, também de fácil acesso a partir da capital.

Compartilhe: