Informar

9 motivos para Chapada dos Veadeiros ser seu próximo destino

Por: Redação | Comunicar erro

A Chapada dos Veadeiros, no centro-oeste de Goiás, é um dos destinos mais visitados do Brasil e não há uma pessoa do mundo que não fique encantado com todas as belezas que ela pode proporcionar. Quem conhece, não esquece! Pensando nisso, selecionados nove hot spots para vocês conhecerem um pouco mais sobre esse local maravilhoso!

Cachoeira do Candaru

Cachoeira do Candaru,
Cachoeira do Candaru, na Chapada dos Veadeiros

Olha ai um segredo da Chapada dos Veadeiros. A cachoeira do Candaru fica em Cavalcante, mas poucos conhecem. Normalmente quando você chega ao povoado Kalunga é obrigatório levar um guia para acompanhar sua trilha até a Santa Bárbara e Capivara, as mais famosas do local. Estes poucos falam da cachoeira do Candaru devido ao seu grau de dificuldade no acesso, 5 km ida e volta com muita subida, mas não é nada de outro mundo!

Outro detalhe é que para chegar nessa cachoeira, não é necessário levar um guia e nem pagar a entrada, ja que o acesso fica antes do povoado. Não existe nenhuma sinalização até ela, para chegar lá, vire na estrada de chão à direita, assim que ver um placa “camping a 1 km” e depois siga a trilha de carro. Quando chegar ao ponto de acesso, desça por volta de 1,5km e quando chegar a uma duplicação da trilha,  pegue a entrada com uma pequena porteira a esquerda, depois é só seguir a trilha;

Vale a pena conhecer esse segredo Kalunga, e o melhor de tudo, as chances de ter esse paraíso só pra você e seus companheiros é muito alta.

Cachoeira Santa Bárbara

Cachoeira Santa Bárbara,
Cachoeira Santa Bárbara, Cavalcante, a 120 km de Alto Paraíso, na Chapada dos Veadeiros

Para chegar até a cachoeira, é preciso andar um pouco além  de Alto Paraíso, mas vale a pena, pois é um das mais visitadas da América Latina. Localizada em Cavalcante, a 120 km de Alto Paraíso, é preciso percorrer um pouco de estrada de chão passando por estradas de terra e riachos, para chegar até a comunidade Kalunga. Chegando lá, o próximo passo é contratar um guia (obrigatório) para chegar ao acesso da trilha.

A trilha leve de aproximadamente 20 minutos nos leva a um cenário maravilhoso: água clarinha, muita natureza e um espaço ótimo para nadar. Existem três quedas excelentes para curtir o dia, a menorzinha também chamada de Santa Barbarazinha, uma alternativa entre as duas quedas, que pega pouco sol, mas possui muita privacidade e a queda principal.

Cachoeira Capivara

Cachoeira da Capivara
Cachoeira da Capivara

Mais uma das maravilhas da Chapada dos Veadeiros. A queda fica dentro do quilombo dos Kalungas em Cavalcante. Você pode conhecê-la no mesmo dia de visitar a Santa Bárbara. A dica é visitar primeiro a Santa Bárbara e depois ir para Capivara, a segunda cachoeira recebe sol até as 16h.

Para conhecer as duas é preciso pagar uma taxa de R$ 20 por pessoa e o guia obrigatório de R$ 70, valor que pode ser divido entre o grupo. A trilha é bem tranquila, por volta de 1,5 km com algumas subidas e descidas, mas com bom acesso. Além das duas quedas principais, existem alguns poços bem bonitos antes, lugar onde você pode encontrar mais tranquilidade e privacidade.

Cachoeira Vale da lua

Vale da Lua
Vale da Lua

As formações rochosas que lembram crateras lunares são curiosas e surpreendentes. Um cenário exótico que vai te deixar hipnotizado por alguns minutos e renderá altas fotos usando a criatividade. Vale da Lua! Uma cachoeira única, cheia de galerias entre rochas clinicamente esculpidas pela força da água ao longo de milênios. Para chegar nesse paraíso, ande por volta de 25 km no sentido Alto Paraíso – São Jorge e pegue a entrada da esquerda! A trilha é leve, por volta de 1 km bem sinalizado. Para entrar no Vale pagamos uma taxa de R$ 20.

Cachoeira Loquinhas

Poço Xamã, na cachoeira Loquinhas
Poço Xamã, na cachoeira Loquinhas

Eu acredito que essa seja a cachoeira mais acessível da Chapada. Ela é muito linda e bem democrática, uma beleza fácil de ser conhecida por todos. O acesso é pela Rua do Segredo, a 3 km do centro da cidade, um complexo de sete poços de beleza única, caracterizados por suas águas cor de esmeralda. Fácil visitação para crianças e pessoas da terceira idade. Muro de pedra feito por escravos, trilha ecológica, ponte pênsil, 780 m de passarela de madeira ladeando o córrego Passatempo facilitando os banhos e preservando o meio ambiente.

Mergulho no poço do
Mergulho no poço do Xamã

Destaque para o poço Xamã, ultimo da trilha que mais parece uma piscina no meio da natureza. A entrada custa R$ 22 por pessoa, se estiver em grupos e der uma chorada, pode rolar um desconto.

Parque Nacional, Saltos do Rio Preto

Cachoeira do Salto 1, que tem 120 m de altura
Cachoeira do Salto 1, que tem 120 m de altura

Esse pico é um clássico da Chapada, a melhor parte é que todo o rolê é gratuito. Localizados no Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, a 1 km do povoado de São Jorge, a trilha de aproximadamente 5 km passa por minas desativadas de Cristal conhecidas como garimpão.

Cachoeira do Salto 2, que tem 80 metros de altura
Cachoeira do Salto 2, que tem 80 metros de altura

Depois de uma descida de quase 100 m. de desnível avista-se, do mirante, o Salto I do Rio Preto com 120 m de altura, mais alguns metros de caminhada e surge a cachoeira de 80 m de queda (Salto II), com um poço de quase 200 m de diâmetro. Na volta de aproximadamente mais 5 km, a subida exige um esforço maior.

Trilha Mirante da Janela

Uma bela sombra depois de muita trilha! O mirante da janela é uma das maravilhas que você só vai encontrar na Chapada dos Veadeiros. A trilha começa depois de pouco mais de 15km de estrada de chão, saindo da Vila São Jorge, depois são mais 5 km de muita subidas e decidas até chegar ao mirante.

Mirante da Janela
Mirante da Janela

No caminho aproveite para descansar na Cachoeira do Abismo, uma bela queda com um visual sinistro da Chapada. Não se esqueça de levar bastante água e curtir o visual único da Cachoeira do Salto no final da trilha.

Espaço Naves LunaZen

Você já pensou em se hospedar em uma nave espacial? É isso que aconteceu nessa pousada. Localizada em Alto Paraíso, ela é uma das hospedagens referência em arquitetura espacial, sustentabilidade, conforto e beleza!

Área de lazer da Pousada
Área de lazer da Pousada Espaço Naves LunaZen

Sua arquitetura redonda proporciona uma circulação de energia, com janelas em três pontos da Nave faz com que o ar circule e a energia não fiquem paradas, os pratos no teto da nave para que a energia solar entre e aqueça quem estiver dentro, assim economizando energia e construindo um mundo melhor, sem falar a noite o espetáculo das estrelas e a lua que se vê a silhueta por dentro das naves.

A intenção dessa entrada de luz é também que o hóspede aproveite o dia e as lindas cachoeiras da Chapada dos Veadeiros. Na pousada, você consegue encontrar vários tipos de naves para curtir todo o clima da Chapada de uma forma muito especial. Além das naves, a pousada também oferece café da manhã, piscina, TV a cabo, banheiros individuais em cada nave, áreas para descanso e todo o bom gosto musical da Grazi, a dona do lugar deixa o som rolando por toda manhã e tarde, excelente para descasar ou curtir a piscina do local.

Espaço Naves Luna Zen
Onde: Rua 2, quadra 1, lote 8, Estância Paraíso, Alto Paraíso de Goiás
Tel.: (62) 3446-1085, (61) 9928-1946
E- mailspacolunazen@hotmail.com
Sitewww.espaconaveslunazen.com.br

Vila São Jorge

Pôr do sol na Risoteria Cerrado
Pôr do sol na Risoteria Cerrado

A Vila de São Jorge está situada dentro da Chapada dos Veadeiros. A vila é tão encantadora que muitas pessoas de todo o mundo, tem largado tudo para morar por lá. Também é famosa por concentrar os apaixonados pela chapada e acolher a todos com uma energia muito especial, dizem que ela possui poderes místicos e que até extraterrestres já pousaram lá. Aproveite para curtir o pôr do sol da Risoteria Cerrado e tomar uma cerveja gelada nos restaurantes da vila.

Grafite na Vila
Grafite na Vila

E ai? Pronto para encarar? Se você vem de longe, o aeroporto mais próximo é o de Brasília, de lá são 250 km até Alto Paraíso. Se joga na Chapada dos Veadeiros! Gostou? Acompanhe todas nossas trips pelo Instagram.

Relato por Richard Oliveira, do blog Vida de Mochila

Compartilhe: