Últimas notícias:

Loading...

Como planejar uma viagem para a Chapada dos Veadeiros

Por: Redação

As chapadas são uma das principais atrações turísticas e naturais espalhadas pelo Brasil, recebendo milhares de visitantes todos os anos. Nesse contexto, o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros é um dos mais belos do Brasil. Localizado em Alto Paraíso de Goiás (GO), a cerca de 260 km de Brasília, o local atrai turistas em busca de nascentes, cursos d’água e paredões rochosos em meio ao Cerrado.

Montanhas que cercam a Chapada dos Veadeiros, em Goiás[/img]

São Jorge é uma vila mais “roots” que acaba atraindo grupos jovens. O ideal por lá é ficar em um camping, mas opções de hostels e pousadas também não faltam. O Camping Pacha Mama (R$ 40 por pessoa), com check in até meia noite, é um dos mais indicados.

Cavalcante é um pouco mais distante (a cerca de 100 km). E o camping também é boa opção, especialmente o Camping Santa Bárbara. Distante 25 km de Cavalcante, o lugar tem uma proximidade com a natureza que recompensa todo o deslocamento, pois fica no Sítio Histórico e Patrimônio Cultural Kalunga.

Os passeios

Dá para fazer os passeios por conta própria, alugando carro em uma das cidades, mas também existem agências que fazem tours diários pelas principais atrações, como a Travessia Ecoturismo e Alternativas Ecoturismo. Os passeios custam em torno de R$ 100 por dia. Se estiver com amigos, o automóvel pode ser uma ótima opção. Sozinho, os tours são perfeitos para conhecer pessoas do Brasil inteiro. Para entrar no parque, porém, não é cobrado ingresso.

Cachoeiras

Cavalcante tem as melhores cachoeiras da região, na opinião da viajante Marcella Albo, de Brasília –procure visitar as quedas d’água de Santa Bárbara, Veredas e Prata. Esta última tem uma logística bastante complicada, pois são 60 km de estrada de terra. “Mas vale a pena cada quilômetro”, diz.

Em Alto do Paraíso, as cachoeiras têm mais estrutura, como é o caso da Loquinhas, Cachoeira dos Cristais, Cachoeira dos Couros, Cachoeira dos Macaquinhos.

Trilhas

Travessia das Sete Quedas
Nível: muito difícil
Extensão: 23,5 km
Duração: 2 ou 3 dias, se o viajante optar por permanecer um dia a mais acampado
Por que a vale a pena: Passa pela trilha histórica da época do garimpo

Trilha dos Saltos
Nível: difícil, se fizer saltos e corredeiras
Extensão: 11 km
Duração: 4h a 6h
Por que vale a pena: O Mirante do Salto, a 120 metros do Rio Preto, permite uma vista única da chapada

Trilha dos Cânions
Nível: moderado
Extensão: 12 km
Duração: 4h a 6h
b: Chega ao Cânion II, um dos mais espetaculares do Brasil

Trilha da Seriema
Nìvel: leve
Extensão: 800 m
Duração: 1h30
Por que vale a pena: para se refrescar do calor, há o córrego Rodoviarinha

Veja dicas sobre a Chapada dos Veadeiros aqui.

Compartilhe: