Últimas notícias:

Loading...

Compras na Black Friday podem se transformar em viagens; veja dicas

Rodrigo Góes, especialista em milhas e programas de fidelidade, conta como transformar compras na Black Friday em viagens

Por: Redação

A Black Friday se tornou uma importante data para o comércio brasileiro, estima-se que o gasto médio dos consumidores neste ano será de R$ 500 a R$ 999 segundo pesquisa realizada pela Méliuz.

Além da pesquisa para encontrar os melhores preços, essas compras podem ser uma importante aliada para a economia nas viagens futuras, como comenta o especialista em milhas e programas de fidelidade Rodrigo Góes, criador do projeto Fábrica de Milhas.

Black Friday: compras podem se transformar em viagens
Crédito: YakobchukOlena/iStockBlack Friday: compras podem se transformar em viagens

“O objetivo é aproveitar essas compras que o consumidor já irá realizar e acumular milhas que podem ser usadas para descontos na compra de passagens áreas, locação de automóveis e descontos em hospedagens”.

O especialista conta que assim como várias empresas, o mercado de milhas também fica aquecido neste período, oferecendo oportunidades para potencializar o acúmulo destes pontos.

“Algumas pessoas ainda acreditam que para acumular milhas, precisam gastar mais no cartão de crédito. Isso não é a realidade, muito pelo contrário, quando o consumidor tem uma inteligência financeira em milhas, transforma os gastos do dia a dia em oportunidades para acumular esses pontos, e a Black Friday é o momento perfeito para isso”, diz Rodrigo.

dicas Black Friday
Crédito: Kar-Tr/iStockEspecialista em milhas e programas de fidelidade conta como transformar compras na Black Friday em viagens

Pensando nessas oportunidades, a Catraca Livre pediu para Rodrigo Góes selecionar algumas estratégias para você ficar de olho durante a Black Friday:

1-  Cadastre-se nos programas de pontos do seu cartão de crédito e nos de milhas

Esse é o primeiro passo para acumular milhas. A grande maioria dos cartões de crédito oferecem o programa de pontos gratuitamente, basta se cadastrar e conhecer as vantagens e benefícios que o seu cartão oferece. Além disso, você também precisa se cadastrar nos programas das companhias aéreas como o Tudo Azul (Azul) e Smiles (Gol).

2-  Conheça as lojas parceiras dos programas

Quando você se cadastra em um programa de pontos do cartão de crédito, automaticamente começa a acumular pontos em cima das compras, porém, uma forma de potencializar esse acúmulo é comprar com lojas parceiras deste programa do cartão de crédito ou do programa de milhas que você se cadastrou. “A compra pelo cartão já vai gerar pontos, porém, quando você realiza a compra nesta loja parceira, tem um acúmulo extra de pontos”, comenta Rodrigo Góes.

Black Friday das Milhas: como as compras podem ajudar na economia das viagens de final de ano
Crédito: Andresr/iStockBlack Friday das Milhas: como as compras podem ajudar na economia das viagens de final de ano

3-  Verifique as promoções entre lojas e programas de fidelidade

Durante este período acontecem muitas promoções de acúmulo de milhas que valem sua atenção. Como por exemplo, se você pretende comprar uma Air Fryer, e ela está disponível em três lojas parceiras do seu programa de fidelidade, é a hora de analisar se existem promoções além nesta compra. “Tivemos uma promoção neste ano em que as compras realizadas pelo Ponto Frio, no programa da Tudo Azul, estavam acumulando 15 pontos por real gasto. Ou seja, vale mais a pena comprar através desta loja parceira, do que em uma concorrente. Isso precisa ser analisado, além de conferir onde o produto está mais barato”, ensina Góes.


#DicaCatraca: sempre lembre de usar a máscara de proteção, andar com álcool em gel, respeitar o distanciamento social e sair de casa somente se necessário! Caso pertença ao grupo de risco ou conviva com alguém que precise de maiores cuidados, evite passeios presenciais. A situação é séria! Vamos nos cuidar para sair desta pandemia o mais rápido possível. Combinado?


4-  Analise preço x pontos

Normalmente quando falamos em Black Friday analisamos apenas a diferença de preços entre as lojas, principalmente no caso de produtos que podem ser encontrados em vários concorrentes. Porém, se o seu objetivo é aproveitar essas compras que já seriam feitas para ter um extra com os pontos e milhas, vale olhar além do preço, o valor de pontos gerados.

Blacj Friday Viagem
Crédito: Andresr/iStockSuas compras na Black Friday podem se transformar em viagens

“Em alguns casos um determinado produto está custando R$ 399 em uma loja e na concorrente está R$ 299. Normalmente você escolheria a primeira loja se não estivesse olhando os pontos que vai acumular. Porém, se na primeira loja você conta com uma promoção de a cada R$ 1 gasto, você ganha 15 pontos, e na segunda loja você tem apenas o acúmulo 1 ponto para cada R$ 1 gasto, a primeira loja se torna mais interessante. Enquanto na loja mais barata você acumularia apenas 299 pontos, na loja em que o produto está mais caro, você pode acumular 5.985 pontos”, comenta Rodrigo.

5-  A Black Friday acontece o mês de novembro todo

Para os programas de milhas e fidelidade a Black Friday não acontece apenas nesta semana, mas se estende por todo o mês de novembro, então, vale ficar de olho nas promoções durante todo este período.

6-  Promoções em transferências de pontos

Muitas pessoas já fazem parte dos programas de fidelidade de cartões de crédito mas ainda não fazem parte dos programas de milhas. Este período também é indicado para realizar a transferência destes pontos. “Muitos programas de fidelidade fazem promoções de transferência de pontos com bônus. Neste início da semana a Livelo estava com uma promoção deste tipo com a Smiles. Quem transferia os prontos da Livelo para a Smiles, ganhava de 50% a 100% de bônus em cima da transferência de pontos. Ou seja, se você tinha 100 pontos, com essa promoção ganharia no mínimo 150 milhas nesta transferência”, ressalta Góes.

7-  Vale trocar os pontos por eletrodomésticos e produtos?

Além das milhas, os pontos acumulados nos programas de fidelidade também podem ser trocados por eletrodomésticos e produtos nas lojas parceiras do programa. Perguntamos para nosso especialista se essa troca vale a pena.

“Normalmente não indico realizar essa troca, já que os valores são mais altos para trocar o eletrodoméstico pelos pontos. O mais indicado é apenas comprar esses produtos para acumular os prontos e não realizar esta troca. Porém, tudo precisa ser pesquisado, já que nesta Black Friday a Livelo mesmo está com promoções com produtos selecionados com 70% de desconto.

Aí para verificar se realmente está valendo a pena, você precisa saber quanto está valendo o milheiro (1000 milhas), a cotação de hoje varia entre R$170 a R$226 a cada 10 mil milhas, variando conforme a companhia aérea. Então é importante fazer a conta de quantos pontos está sendo pedido para este eletrodoméstico x o valor do milheiro, e assim, você chega no valor que realmente está pagando por ele”, finaliza Rodrigo Góes.

Mais do que gastar, o grande segredo para aproveitar este período é fazer compras conscientes e analisar onde você pode ter mais vantagens. O começo da sua viagem, pode estar nas compras desta Black Friday.