Últimas notícias:

Loading...

Conheça o passeio histórico do Expresso Turístico Jundiaí

A viagem de trem é feita pela estrada de ferro implantada em 1867 e conhecida como a primeira ferrovia de São Paulo

Por: Redação

Quer fazer um passeio diferente e ainda aproveitar para andar em uma locomotiva histórica do século passado? A dica é o Expresso Turístico Jundiaí, da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM).

O trajeto é realizado aos sábados (conferir calendário aqui), com partida às 8h30 na Estação da Luz e retorno às 16h30 na Estação Jundiaí.

Criado em 2009, o Expresso Turístico resgata o glamour das viagens férreas da década de 1950
Crédito: Divulgação/CPTMCriado em 2009, o Expresso Turístico resgata o glamour das viagens férreas da década de 1950

O bilhete da CPTM contempla exclusivamente a viagem de ida e volta. O preço unitário da passagem é de R$ 50 (ida e volta). No entanto, os descontos podem chegar até 25% na compra de quatro passagens.

Os bilhetes estão à venda apenas na bilheteria da Estação Luz, localizada no Saguão 1, em frente à SSO da CPTM. A bilheteria funciona de segunda a sexta-feira, das 9h às 18h. Aos sábados e domingos, das 7h às 9h.

Expresso Turístico Jundiaí
Crédito: DivulgaçãoOs maquinistas ficam uniformizados à caráter, para dar aos passeios de trem um ar nostálgico

É obrigatória a identificação de passageiros no ato da compra dos bilhetes. No dia da viagem: A CPTM solicita aos passageiros do Expresso Turístico que se apresentem na data da viagem com 30 minutos de antecedência ao horário do embarque, munidos de documento de identificação com foto.

A viagem no Expresso Turístico Jundiaí

A viagem no Expresso Turístico Jundiaí é feita a bordo de uma charmosa locomotiva da década de 50, totalmente reformada.

O trem segue pela estrada de ferro implantada em 1867 pela antiga SPR (São Paulo Railway Co.), empresa inglesa. Essa foi a primeira ferrovia de São Paulo e foi construída para levar, principalmente, o café produzido na região de Jundiaí até o Porto de Santos.

estação da luz
Crédito: IStock/@AlfribeiroOs trajetos dos passeios de trem do Expresso Turístico saem da belíssima Estação da Luz, no centro de SP

Atualmente chamada Linha 7-Rubi, ela ainda conta com estações construídas pela SPR, facilmente identificadas pela arquitetura em estilo inglês, como Perus, Caieiras e Jaraguá.

Vale destacar que as passagens da CPTM contemplam somente a viagem de trem até o destino. Roteiros complementares devem ser adquiridos diretamente nas agências de turismo (confira aqui).

O que fazer em Jundiaí

A apenas 60 km da capital paulista, Jundiaí e as cidades vizinhas reservam uma série de atrações. Uma delas é o Museu Ferroviário, da Cia. Paulista de Estradas de Ferro, que praticamente desenhou o mapa ferroviário do interior de São Paulo.

Jundiaí
Crédito: DivulgaçãoCom um acervo composto por cerca de cinco mil itens, o Museu Ferroviário retrata aos seus visitantes a história da ferrovia no estado de São Paulo

Há também as belezas naturais da Serra do Japi com suas trilhas e caminhadas, e o Circuito das Frutas, uma viagem nas fazendas produtoras de uva, morango, caqui, figo, entre outras frutas no entorno da cidade. Isso sem falar da bela arquitetura local, parques e feiras de artesanato.

A região de Jundiaí também é produtora de vinhos, muitos produzidos tradicionalmente há mais de 100 anos. Somente na cidade há 20 adegas, a maioria recebe visitantes.

A produção de vinho chegou à cidade na bagagem dos imigrantes italianos que se instalaram na região no final do século 19. A produção artesanal, que inicialmente acontecia para o próprio consumo das famílias foi sendo ampliada e reconhecida.

Confira aqui as adegas e vinícolas abertas à visitação em Jundiaí e região.

?>