Destinos no Caribe fora da zona dos furacões

Por: LALAREBELO.COM | Comunicar erro
Tags: #América

Quem está acompanhando as notícias provavelmente está chocado com toda a destruição que o furacão Irma está deixando por onde passa. Ilhas caribenhas maravilhosas, cheias de praias com água azul turquesa, super hotéis, restaurantes, comércio local e pessoas queridas, completamente destruídos.

As fotos de St MartinAnguillaSt. Barth, Porto RicoRepública DominicanaTurks and Caicos, entre outras ilhas, após a passagem do Irma, são chocantes. A expectativa é que ele chegue logo nas BahamasCuba e no estado americano da Flórida (clique nos nomes para acessar os posts com dicas dos destinos).

Rota prevista para o Furacão Irma

No ano passado, o Furacão Matthew também não poupou estragos. Cheguei em Exuma (Bahamas) em menos de um mês após a sua passagem, e as marcas ainda eram visíveis.

Mas… Esses furacões são inesperados? NÃO! Existe uma “zona de furacões” (hurricane belt) no Oceano Atlântico (Mar do Caribe, Golfo do México e Estados Unidos), com pré-disposição para a formação desse fenômeno, em uma determinada época do ano (hurricane season), que vai de junho a novembro.

Isso não quer dizer que todas as ilhas do Caribe que ficam dentro dessa zona de furacões serão atingidas anualmente. Na realidade, a chance de você ser atingido por um furacão exatamente no dia e no destino que você está, é mínima.

Porém, sabemos que viagens envolvem sonhos e muito dinheiro e eu SEMPRE RECOMENDO VIAJAR NA ÉPOCA CERTA.

E agora? Você tem férias ou quer viajar de lua de mel para o Caribe justamente de junho a novembro? Calma!! Não precisa cortar a região dos seus planos. EXISTEM DESTINOS CARIBENHOS FORA DA ZONA DE FURACÕES, para os quais você pode viajar o ano inteiro. São eles:

Curaçao faz parte das Ilhas ABC (junto com Aruba e Bonaire) e fica pertinho do litoral da Venezuela. Tem personalidade própria, é descolada… O melhor a fazer é alugar um carro e explorar todas as praias espalhadas ao redor da ilha. Tem para todos os gostos: as mais selvagens e rústicas, as com ótima estrutura de bares e restaurantes, as mais desertas, as grandes, as pequenininhas… TUDO MUITO AZUL TURQUESA. Amei Curaçao porque além das belezas naturais, o centrinho é muito gostoso. Destaque para as casinhas coloridas em estilo holandês, cartão-postal do destino. Faça o combo Aruba + Curaçao (e se tiver tempo, conheça Bonaire também) na mesma viagem.

> > Clique aqui para mais dicas de Curaçao.

Praia de Kenepa Grandi em Curaçao

Como disse acima, Aruba também faz parte das Ilhas ABC (junto com Curaçao e Bonaire), e tem clima com média de 27ºC durante todo o ano, quase sem chuvas e completamente fora da zona de furacões do Caribe. Tem hotéis lindos (com muita infraestrutura), praias agitadas, praias calminhas, ótimos restaurantes (amei o Barefoot) e muitas opções de vôos para chegar. Uma das águas mais azuis que já nadei ficava em Aruba, na praia de Mangel Halto. O centrinho foi restaurado e é cheio de lojas. Uma delícia passear por lá.

>> Clique aqui para mais dicas de Aruba.

Mangel Halto em Aruba

Uma cidade histórica junto ao Mar do Caribe, no norte da Colômbia. Seu centrinho (cidade murada) é espetacular (não à toa, é Patrimônio da Humanidade pela UNESCO)! E com poucos minutos de barquinho, você pode chegar a praias paradisíacas. Faz calor o ano todo (muito calor) e é fácil chegar de Avianca via Bogotá ou de Copa Airlines via Cidade do Panamá.

>> Clique aqui para mais dicas de Cartagena.

Pelas ruas de Cartagena das Índias, na Colômbia

O Arquipélago de San Blas é uma comarca indígena que fica na costa caribenha do Panamá, a aproximadamente 2h30 da capital, Cidade do Panamá (carro + barco). Um destino super rústico, onde não há hotéis. A hospedagem é feita em cabanas/barracas nas ilhas ou em veleiro. Fazendo “base” em uma ilha, é possível explorar várias outras de barquinho, com os Kunas (povo indígena “dono” dessas terras). A beleza do lugar é surpreendente. Imagine estar em uma ilhotinha praticamente deserta (dessas de desenho animado) e poder explorar centenas de praias espalhadas pelo Mar do Caribe (são mais de 365 ilhas – uma para cada dia do ano?!). De arrepiar! Já fui 24 vezes.

A melhor época para ir vai de dezembro a abril, não por causa de furacões, mas por causa da probabilidade de chuvas. Mas eu já estive lá em todos os meses do ano e sempre dá para curtir muito.

>> Clique aqui para mais dicas do Arquipélago de San Blas.

Em uma das 365 ilhas do Arquipélago de San Blas, no Panamá

Apesar de não estarem completamente fora da zona de furacões do Caribe, as ilhas de BARBADOSST. LUCIA (onde fica o fabuloso hotel Jade Mountain, um dos melhores do mundo) e TRINIDAD & TOBAGO são boas opções de destinos para ir durante todo o ano.

E ainda há MAIS DESTINOS fora da Zona de Furacões do Caribe.
Clique aqui para saber mais.

Praia de Pigeon Point na ilha de Tobago, Trinidad e Tobago
Hotel Jade Mountain, na ilha de St. Lucia

Por LALA REBELO, autora do blog LALAREBELO.COM. Instagram: @lalarebelo / Facebook: Lala Rebelo Travel Blog

Compartilhe:

Autor: LALAREBELO.COM

Lala Rebelo é autora do blog de viagens LALAREBELO.COM. Já morou em 6 países e viajou para mais de 60. Apaixonada por culturas diferentes, piscinas e azul turquesa.

Termos da rede:

Este conteúdo - assim como as respectivas imagens, vídeos e áudios - é de responsabilidade do usuário LALAREBELO.COM da Rede Catraca.

O Catraca Livre disponibiliza espaço no site para que qualquer interessado possa contribuir com cidades mais acolhedoras, educadas e criativas, sempre respeitando a diversidade de opiniões.

As informações acima são de responsabilidade do autor e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.