Empresa venda passagem aérea para Buenos Aires por apenas R$ 1

Até 20/10, a companhia aérea low-cost argentina FlyBondi banca uma promoção que vai dar samba: com as taxas, o trecho sai por R$ 123

Por: Redação

Para celebrar o início das operações no Brasil, a companhia argentina de baixo custo (‘low cost’) Flybondi voltou com a promoção de passagem aérea entre Rio de Janeiro e Buenos Aires por apenas R$ 1 –com as taxas, o trecho sai por R$ 123.

Mas é bom ficar atento, já que promoção é válida para voos entre os dias 11 a 20 de outubro e apenas no trecho Rio-Buenos Aires.  A tarifa não é aplicável no voo de volta para a capital fluminense.

Crédito: ReproduçãoAté 20/10, a companhia aérea low-cost argentina FlyBondi banca uma promoção que vai dar samba: com as taxas, o trecho sai por R$ 123

O passageiro tem direito a levar apenas uma bagagem de mão com até 10kg. Se quiser despachar a mala o custo é de R$ 84,56 (até 12kg).

Três voos semanais

A Flybondi anunciou a abertura desta rota em julho deste ano, mesmo momento em que iniciou as vendas.

São três frequências semanais conectando a capital argentina ao Rio de Janeiro –quartas, sextas e domingos. Devido à altíssima aceitação, uma quarta frequência será adicionada no fim deste ano.

As passagens custam a partir de R$ 220 por trecho (tarifa básica), variando de acordo com antecipação com a qual se adquire os tíquetes e a temporada escolhida para a viagem.

8 PAÍSES PARA VIAJAR APENAS COM O SEU RG

Além do Rio de Janeiro, a Flybondi já anunciou que deve começar a operar em Florianópolis ainda em 2019, com três voos semanais. A expectativa com a chegada da companhia aérea é de que mais turistas argentinos venham ao país.

#PartiuArgentina: a FlyBondi vende passagens do Rio a Buenos Aires por R$ 1 mais taxas
Crédito: Reprodução/Facebook/FlyBondi#PartiuArgentina: a FlyBondi vende passagens do Rio a Buenos Aires por R$ 1 mais taxas

Outras ‘low cost’

A primeira empresa estrangeira especializada em passagens de baixo custo a operar voos regulares internacionais para o Brasil foi a chilena Sky Airline, em novembro do ano passado. As rotas contemplam o trajeto direto de Santiago, no Chile, para os aeroportos do Galeão, no Rio de Janeiro; de Guarulhos, em São Paulo, e Hercílio Luz, em Florianópolis. A média é de cinco voos semanais para cada um desses terminais.

Logo depois, o país passou a contar também com a europeia Norwegian Air, que teve sua autorização concedida pela Anac em agosto de 2018. As vendas das primeiras passagens começaram no fim de novembro de 2018 para voos diretos entre Londres, no Reino Unido, e Rio de Janeiro, realizados desde março deste ano. A rota já tem voos às segundas, quartas e sextas-feiras, além de domingos, em aeronave com capacidade para até 344 passageiros.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.