CORONAVÍRUS
Loading...
Últimas notícias e tudo que você precisa saberAtualizando informações
Infectados-
Mortes-
Recuperados-

Festa da pisa da uva em São Roque é passeio para família

Quinta do Olivardo resgata tradições portuguesas

Por: Márcio Diniz

Uma viagem ao passado quando a produção de vinhos em Portugal era totalmente artesanal. É assim que os visitantes se sentem ao participar da pisa da uva na Quinta do Olivardo, em São Roque (SP).

São Roque
Crédito: Márcio Diniz/Catraca LivreOs visitantes seguem para colheita das uvas nas videiras da Quinta do Olivardo, em São Roque

A cada ano a festa atrai mais visitantes, em especial famílias que buscam vivenciar uma experiência única e turistas de outros Estados. Por conta do sucesso, o evento –que está em sua 8ª edição—ganhou duas datas extras. A última ocorre neste sábado (9).

São Roque
Crédito: Márcio Diniz/Catraca LivreAs crianças adoram colher as uvas no pé

É um ótimo passeio para fazer em família. A Catraca Livre esteve lá e conta um pouquinho como é participar da festa.

Logo na entrada, os visitantes recebem um chapéu de palha, uma caneca, uma cesta de vime e uma tesoura e, assim como os antigos colonos, são convidados a percorrer os caminhos entre as videiras para colher e, é claro, provar os frutos.

São Roque
Crédito: Márcio Diniz/Catraca LivreDevido à procura, a Quinta do Olivardo incluiu mais duas datas na 8ª Pisa da Uva

O trajeto até as videiras é embalado por danças e canções típicas portuguesas, que fazem com que alguns participantes se emocionem, em especial àqueles com descendência lusitana. Tudo regado a vinho e suco de uva, é claro, e ciceroneado por Olivardo Saqui, proprietário da Quinta do Olivardo.

São Roque
Crédito: Márcio Diniz/Catraca LivreVisitantes cantam e dançam músicas típicas portuguesas

Após a colheita, acontece o grande momento da festa: a pisa. Os participantes são convidados a pisar nas uvas dentro do lagar — construção feita em pedras, com formato retangular e usada para separar a polpa das cascas dos frutos, igualzinhas as encontradas nas antigas vinícolas portuguesas.

Todos os participantes também recebem um vale para participar da Festa de São Martinho, em novembro, e provar o vinho que ajudaram a produzir durante a pisa da uva.

Típico almoço português

Depois de pisar nas uvas e já conhecer os refrões das canções de cor, os visitantes seguem para um espaço reservado onde é servido um almoço (incluso no valor).

São Roque
Crédito: DivulgaçãoBacalhau é uma das especialidades da Quina do Olivardo, em São Roque

De entrada são servidos os famosos Bolo do Caco –um tipo de pão preparado à base de batata doce–, e bolinho de bacalhau. São uma delícia.

De prato principal são servidos bacalhau à moda e espetada madeirense –iguaria típica da Ilha da Madeira, preparada à base de pedaços fartos de contrafilé, temperados com alho, sal e especiarias, e assado na brasa.

São Roque
Crédito: Márcio Diniz/Catraca LivreDe sobremesa, são servidos os deliciosos pastéis de belém

Outros eventos

Ao longo do ano a Quinta do Olivardo organiza outros eventos como o Festival Sardinha na Calçada, Festa do Chope, o Vinho dos Mortos e a  Festa de São Martinho. (acompanhe a programação aqui)

SERVIÇO

8ª Pisa da Uva na Quinta do Olivardo
Onde: Estrada do Vinho, km 4, com acesso pelo km 58,5 da Rodovia Raposo Tavares (SP-270)
Quando: até 9 de fevereiro
Horário: das 10h30 às 16h30
Quanto: R$ 240 por pessoa; crianças até 8 anos não pagam. Até 12 anos pagam meia
Site: www.quintadoolivardo.com.br

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Por: Márcio Diniz