No sertão de Pernambuco, turista pode conhecer produção de vinhos

Vinícolas do Vale do Rio São Francisco produzem de 8 milhões de litros por ano

Por: Eduardo Andreassi | Comunicar erro

Quando se pensa em vinhos no Brasil, a primeira associação é ao Rio Grande do Sul -estado que é o maior produtor do país. Mas há tempos a vinicultura deixou de ser monopólio gaúcho.

Uma das regiões que despontou nesse cenário é o sertão pernambucano, terra de contrastes que une a vegetação peculiar da caatinga –esse bioma é extremamente rico e resistente e representado por 2.500 espécies, das quais 300 são exclusivas deste ecossistema– às terras banhadas pelo rio São Francisco. É nelas que a aridez cede espaço para a exuberância da produção agrícola.

Vale do São Francisco
Crédito: Eduardo AndreassiEm meio a Caatinga, parreiras repletas de fruto

Para escoamento da produção, captar matéria prima –garrafas, fertilizantes– e obter mais tecnologia e qualidade, a região do Vale do São Francisco dispõe da infraestrutura do aeroporto de Petrolina; da hidrovia do São Francisco, com o Lago de Sobradinho –o maior lago artificial do mundo– de eclusas na Barragem de Sobradinho; de ligação rodoviária com as principais capitais do Nordeste e de uma termelétrica com capacidade para geração 138 megawatts de energia.

Vale do São Francisco
Crédito: Eduardo AndreassiTuristas visitam parreirais em vínicolas na região do Vale do Rio São Francisco

Como tudo começou

A vitivinicultura é uma atividade recente no Nordeste do Brasil e vem sendo intensificada nesses últimos anos.

Nos anos 60, a Cinzano instalou-se na região, dedicando-se à produção de uvas somente para a fabricação do vermute.

Vale do São Francisco
Crédito: Eduardo AndreassiMaquinários nas inúmeras vinícolas da região de PE

Em 1970, a Vinícola do Vale do São Francisco, em parceria com a Forestier e, contando com sua assistência técnica, produz seus vinhos finos Botticelli.

Já o empresário paulista Mamoru Yamamoto foi um dos pioneiros na elaboração de vinhos no Vale do São Francisco no início dos anos 80, após suas andanças por várias regiões do mundo, em busca de seu sonho: produzir vinhos de qualidade em meio ao sertão seco e coberto pela caatinga.

A tecnologia da irrigação, a persistência e a determinação abriram novas perspectivas ao japonês que queria produzir vinhos. Na busca de terras melhores, Mamoru Yamamoto entrou sertão à dentro e foi parar em Santana do Sobrado, vilarejo pertencente ao Município de Casa Nova, na Bahia. Lá imprimiu no solo um marco, como querendo fazer pacto com Deus e com a natureza. Nascia, em 1980, a Fazenda Ouro Verde, hoje de propriedade da Miolo Wine Group e que tem como parceiros as Vinícolas Miolo/Lovara e Osborne.

Conhecendo a região e as vinícolas

O Vale se transformou em um pólo de desenvolvimento tecnológico da fruticultura irrigada, com o apoio da Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária), por meio de sua unidade descentralizada, a Embrapa Uva e Vinho, vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

Vale do São Francisco
Crédito: Eduardo AndreassiPesquisadora da Embrapa; órgão estuda e desenvolve sementes com melhoramento genético da uvasolo

Em Petrolina (PE), cidade-base para quem visita a região, o próprio Centro Tecnológico da Uva e do Vinho, laboratório da Embrapa Semiárido, pode ser visitado (tel. 87/3866-3600) – uma trilha de 300 metros mostra a diversidade da flora e da fauna da caatinga.

Mas vinho mesmo –e para conhecer os métodos de produção e degustar a bebida direto da fonte, – está nas vinícolas.

Vale do São Francisco
Crédito: Eduardo AndreassiTuristas degustam vinhos produzidos no VAle do Rio São Francisco

São, hoje, ao menos sete delas, entre os municípios de Casa Nova e Curaçá na Bahia, e Santa Maria da Boa Vista e Lagoa Grande, em Pernambuco. Todas –a Vinícola Miolo Terra Nova (administrada pelo grupo Miolo), a Vitivinícola Santa Maria , a Adega Bianchetti Tedesco , Vinícola Terroir do São Francisco (Garziera), Mandacaru, São Francisco Botticelli e Vinun Sancti Benedctus (VSB)–, abrem as portas para os turistas.

Vale do São Francisco
Crédito: Eduardo AndreassiFachada da sede da vinícola Teranova, do Grupo Miolo

Para o leigo, é uma oportunidade de se familiarizar com nomes de castas de uvas que incluem Malbec, Cabernet Sauvignon, Merlot, Chenin Blanc, Petite Syrah, Tannat e Brut.  O passeio vale como uma aula prática sobre o preparo da bebida, seus aromas e variedades. Mas, vale o aviso: como os caminhos entre os locais são longos e a estrutura por vezes é precária. Prefira fazer o passeio com o acompanhamento de guias da região.

Para entrar nas vinícolas, o ingresso é quase simbólico: R$ 15 por pessoa.

Vale do Rio São Francisco
Crédito: Eduardo AndreassiVinhos produzidos em uma das vinícolas da região do Vale do Rio São Francisco

As visitas oferecem ao turista a visitação ao plantio, à área industrial, explicações sobre o processo de plantio das uvas e fabricação do vinho e com direito a degustação do mesmo.

Para explorar ainda mais a região, há passeios como o Vapor do Vinho (R$ 160), que inclui visita à vinícola da Miolo, almoço e um passeio de barco que atravessa uma eclusa; e o Catamarã (R$ 160), com ingresso para a Santa Maria.

Vale do São Francisco
Crédito: Eduardo Andreassi Brindando o final do passeio nas vinícolas
Vale do São Francisco
Crédito: Eduardo AndreassiVinhos armazenados em tonéis de carvalho
Vale do São Francisco
Crédito: Eduardo AndreassiDegustando o vinho
Vale do São Francisco
Crédito: Eduardo AndreassiÀs margens do Rio São Francisco, onde foi filmado Amores Roubados, da Globo

Curiosidade: A Vitivinícola Santa Maria, serviu de locação para a minissérie “Amores Roubados”, da Rede Globo.

As vinícolas da região

ADEGA BIANCHETTI TEDESCO LTDA
Endereço: Estrada dos Vermelhos, s/n. °, Zona Rural, Lagoa Grande-PE
Fone: (81) 4042-0008 / (87) 99619-0040
Site: www.vinhosbianchetti.com.br

VINÍCOLA DO VALE DO SÃO FRANCISCO – BOTTICELLI
Endereço: Estrada da Uva e do Vinho, Santa Maria da Boa Vista-PE
Site: www.botticelli.com.br
Fones: (81) 3252-8900

VITIVINÍCOLA SANTA MARIA S/A – RIO SOL – ViniBrasil
Endereço Rodovia PE-574, Km 8, Estrada da Uva e do Vinho.
Lagoa Grande – PE
Fones: (87) 3869.9385
Site: www.vinibrasil.com.br

VINÍCOLA TERROIR DO SÃO FRANCISCO – GARZIERA
Endereço: Sítio Gado Bravo, s/n – Distrito de Vermelhos – Lagoa Grande – PE
Fones: (87) 3869-9667
E-mail: comercial.pe@tsf.ind.br

VINÍCOLA MIOLO TERRANOVA
Endereço: BR 235, Km 40, Santana do Sobrado s/n, Casa Nova, BA
Site: www.miolo.com.br
Fone: (74) 3536-1132 / (74) 3527-4002

VINÍCOLA MANDACARU
Endereço: Fazenda Formiga, S/N – Distrito de Vermelhos, Lagoa Grande, PE
Fones: (85) 3991-2042 / (87) 3991-1010
E-mail: joyce@saobrazbebidas.com.br

Vinum Sancti Benedictus (VSB)
Endereço: Praça do Teatro de Curaçá, Curaça/BA
Site: www.vsbvinhos.com.br
Fone: (74) 9160-1427

1 / 8
1
05:22
Conheça os brinquedos mais radicais dos parques de Orlando
A Catraca Livre foi para a Flórida, nos Estados Unidos, conhecer os parques mais divertidos da região a convite do …
2
01:45
Visitamos uma fantástica fábrica de chocolate
3
03:24
Vovó deixa presídio e ensina como viajar pelo mundo
"As Melhores Surpresas do Mundo" é  o programa que discute as coisas mais inovadoras e surpreendentes que o mundo oferece. -------------------------------------------------------- DIREÇÃO: …
4
01:20
Karol Conka indica 2 lugares incríveis para conhecer em Curitiba
Convidada pelo Colaí Indica para falar sobre os seus rolês favoritos em Curitiba, cidade natal da rapper, Karol Conka mostrou …
5
03:31
Conheça o Embalse El Yeso, na Cordilheira dos Andes
Perfeito tanto para quem passará várias dias em Santiago, ou até mesmo para quem terá uma passagem breve pela cidade, …
6
02:49
A lama de Brumadinho respinga no governo do Bolsonaro
7
02:25
9 lugares incríveis para visitar de graça em Belo Horizonte
O Circuito Liberdade é um grande complexo cultural localizado em Belo Horizonte. Prédios públicos ganharam novos usos para hospedar arte …
8
01:49
9 lugares com uma vista incrível no Rio de Janeiro para você fotografar
Conheça 9 lugares incríveis e de graça para você curtir as paisagens do Rio de Janeiro e ainda tirar fotos …