Últimas notícias:

Loading...

Paranapiacaba ganha roteiro turístico rodoviário

O novo roteiro turístico tem saídas aos sábados e domingos da Estação da Luz

Por: Redação

Turistas ganharam mais uma opção de passeio para conhecer Paranapiacaba, em Santo André, na Grande SP. A CVC lançou neste sábado, 29, um roteiro rodoviário a partir da capital paulista com destino a histórica vila inglesa construída no final do século 19.

Crédito: Almir Bonfim Jr/DivulgaçãoTorre do Relógio, na vila histórica de Paranapiacaba, em Santo André, na Grande SP

O novo roteiro turístico terá saídas aos sábados e domingos da Estação da Luz (na saída para a Pinacoteca) – também com parada no hotel Go Inn, em Santo André. O passeio está sendo comercializado em todas as lojas da CVC do Brasil. A primeira saída acontece em 4 de junho.

Paranapiacaba
Crédito: Angelo Baima/DivulgaçãoCastelinho, em Paranapiacaba, que foi todo reformado recentemente

O passeio dura o dia todo (das 8h às 17h) e inclui acompanhamento de guia de turismo em todo o trajeto e apoio de guias locais da vila histórica para tour cultural pelos principais pontos de Paranapiacaba. O tour guiado custa a partir de R$ 145 por pessoa, com o transporte incluso (ida e volta).

Expresso turístico

O tour rodoviário da CVC é uma alternativa ao trem turístico da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos), que é realizado aos domingos, com embarques nas estações da Luz e Prefeito Celso Daniel-Santo André (Linha 10-Turquesa).

Paranapiacaba
Crédito: Paulo Carmona Sanches Neto/Wikimedia CommonsVista do Museu do funicular, uma das atrações do vilarejo histórico de Paranapiacaba

A viagem é feita a bordo de uma composição, formadas por dois carros de aço inoxidável fabricados no Brasil na década de 50 e tracionados por uma locomotiva da década de 1950, totalmente reformada.

Paranapiacaba trem viagem
Crédito: Divulgação/PMSANo Pátio Ferroviário encontram-se os principais ícones da Vila de Paranapiacaba

O percurso de 48 km leva 1h30 entre a Estação da Luz ea vila histórica de  Paranapiacaba.  Entre os destaques estão as estações Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra, tombadas pelo patrimônio histórico de São Paulo. Elas foram construídas pela antiga empresa britânica SPR (São Paulo Railway) –primeira ferrovia paulista, inaugurada em 1867.

?>