Um passeio pelas dunas de Jeri e Camocim, no Ceará

Parque Nacional de Jericoacoara é formado por dunas e lagoas ladeadas pelo mar cearense

Atravessar dunas de mais de 20 m em Jericoacoara, no Ceará, não é para qualquer carro, nem para qualquer  motorista.

Área de proteção ambiental, o Parque Nacional de Jericoacoara é formado por dunas e lagoas ladeadas pelo mar cearense. Descer as montanhas gigantes de areia é um dos passeios mais legais do destino.

Mas para passear pela areia fofa e conseguir vencer dunas sem deslizar é preciso um 4×4 robusto, e, em alguns trechos, um guia local que conheça cada metro por onde você vai passar.

Crédito: Divulgação/ RenaultDescer dunas de mais de 20 m é uma das principais aventuras no destino e precisa de um 4×4

Fiz os roteiros, com dunas gigantes e trechos alagados, a bordo do Renault Duster GoPro,  SUV que já vem com com a nova câmera Hero7 Black para ser acoplada no painel ou teto. Além da versão 4×4 2.0, que testei, o veículo também vem em 1.6.

Foi a primeira vez que dirigi um carro na areia. Senti o veículo suave e seguro no terreno difícil. Não derrapei, mesmo nos pontos de alagamento que tive que cruzar.

O casamento da câmera com o SUV agrada especialmente quem ama registrar as aventuras em fotos e vídeos sem tremedeiras.

A estabilidade do veículo ao passar por terrenos difíceis, como areia fofa e declives acentuados, combinado com o sistema estabilizador HyperSmooth, da Hero7 , garantem imagens perfeitas.

Crédito: Andrea Miramontes/ Lado B ViagemCarro vem com GoPro no painel, em foto no Buraco do Caiçara, em Jericoacoara

Para quem não consegue desapegar do mundo online, tanto o carro quanto a câmera oferecem sistemas para continuar conectado.

O veículo tem sistema android auto e Apple carplay, para usar plataformas como Spotify, Waze, Google Maps na tela de sete polegadas touchscreen.

Já a nova GoPro filma todas as aventuras em 4K e permite transmitir ao vivo para redes sociais, como Facebook, YouTube entre outras.

Dunas de Jeri e Camocim

Especialista nas aventuras, José Carneiro lidera a Xplorar do Brasil Turismo, empresa que faz todos os passeios no destino.

Ele conta que, mesmo a chegada em Jericoacoara já exige conhecimento e carro adequado. Do aeroporto de Fortaleza, são 4,5 horas de estrada.

“A chegada com maré cheia se dá pela trilha do sítio, entre terrenos alagados e vegetação de mangue. O trecho requer conhecimento e habilidade, além de um bom 4×4”, conta José Carneiro.

Uma aventura clássica pelo Parque Nacional de Jericoacoara é descer as Dunas do Guriú e seguir pelo Lago Grande, nesse percurso de Jeri e Camocim, com visita ao mangue seco e travessia de balsa.

Se você tem um dia só para aventuras, faça esta, a parte oeste do destino. Leva o dia todo.

Crédito: Andrea Miramontes/ Lado B ViagemDunas no parque nacional passam de 20 m e precisam de carros 4×4

“Neste tour de um dia todo, você passa por praias, travessia de balsa, dunas e lagoas. O guia é indispensável, mesmo que você vá no próprio carro”, aconselha.

Durante o passeio, pare para almoçar na praia de Tatajuba, no Islla Kite, restaurante e bar em uma das melhores praias para quem pratica Kitesurf.

Crédito: Andrea Miramontes/ Lado B ViagemIslla Kite, a parada para o almoço no meio do passeio, na praia de Tatajuba
Crédito: Divulgação / RenaultDentro do Parque Nacional de Jericoacoara, passamos por terrenos alagados, areia batida e fofa

“Por uma pequena trilha, o visitante tem acesso às dunas de Guriú que o levarão até o lago Grande, em Camocim.  São dunas em sequência, de várias alturas”, completa José Carneiro.

Depois de passar pelas dunas e lago, há a travessia de balsa pelo Rio Guriú, para ter acesso ao mangue. No mangue, programe uma parada para fotos.

Galhos secos e balanços fazem a festa dos Instagramers.

Crédito: Thalles Viola Trouva/GoProMangue seco tem paisagem com balanços estrategicamente colocados para a foto do Instagram
Crédito: Andrea Miramontes / Lado B ViagemMangue seco com paisagem inóspita perfeita para fotografar

Buraco do Caiçara

Confesso que deu um gelo na barriga ao mergulhar a câmera na água sem proteção. Mas ela é própria para isso.

Para iniciantes na câmera de aventura, publiquei 5 dicas básicas para aproveitar os recursos com alguns dos embaixadores da marca, Andrews Santana (@andrewssantana) e Brian Baldrati (@isthisreal).

Testei a Hero7 Black ao visitar a nova atração de Jeri, o Buraco do Caiçara, que tem essa água cuja cor parece um truque das imagens. Mas não, o tom de azul é este, sem edição.

O local tem aproximadamente 5 metros de profundidade. O buraco se formou neste ano, com água da chuva, e já virou sensação entre os que visitam Jericoacoara.

View this post on Instagram

Novidade em Jeri! Buraco do caiçara #semfiltro 😱 #zerotratamento o que é essa água, minha gente? Já viram? . É nova essa atração. Formou-se com água da chuva. Foi a primeira vez que coloquei minha @goprobr na água 😍, tô aprendendo, me aguardem com esse brinquedo 😈 . Na foto, embaixadores gopro, como @andrewssantana que veio nadando aí – prato cheio pra inspirar criações no mundo das imagens . Passe a seta para ver as imagens de @gerson.filmagens de Jeri 👏🏻🙏🏻 @rios.tiago . Aventura #dustergoprobr @renaultbrasil e @gopro para lançar o carro que registra os melhores momentos da sua viagem, com a #hero7black que já vem acoplada 😉 . #DusterGoProBR #GoProHERO7 #gopro #minhaviagemlivre #meucliquenafolha #MeuCliqueEstadao #LoveTheWorld #luxurylifestylemagazine #bestvacations #IamaTraveler @beautifulmatters #beautifulmatters . #travelgirl #travelers #beachgirl #vegetarian #vegan #vegantravel #vegetariantravellife #veggie #goveggie #govegan #vegetarianblogger

A post shared by Andrea Miramontes 🇧🇷| Travel (@ladobviagem) on

Crédito: Andrews Santana/GoProBuraco do Caiçara se formou com água da chuva e virou atração em Jericoacoara.

Como ressaltam os guias, é preciso checar antes de ir para saber se ainda está cheio, uma vez que foi formado naturalmente.

Em parceria com ladobviagem

Andrea Miramontes, jornalista, viajante e curiosa. Sou vegetariana e jamais divulgo atrações que escravizem animais :) Faço os sites Lado B Viagem e Patas ao Alto. Seja muito bem-vindo!

Este conteúdo - assim como as respectivas imagens, vídeos e áudios - é de responsabilidade do usuário Lado B Viagem

A Catraca Livre disponibiliza espaço no site para que qualquer interessado possa contribuir com cidades mais acolhedoras, educadas e criativas, sempre respeitando a diversidade de opiniões.

As informações acima são de responsabilidade do autor e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.