Últimas notícias:

Loading...

A volta ao mundo em busca da sobrevivência

Em “40 antes dos 40”, Silvia Mantovani mostra que cada um pode encontrar abrigo em algo que ama

Por: Redação

Pelo menos um terço da população feminina mundial já foi vítima de violência. No Brasil, um caso de agressão a mulher é registrado a cada 4 minutos. Mas o que fazer diante de uma situação dessas? Por medo, muitas mulheres deixam de denunciar e simplesmente fogem para preservar suas vidas.

Esse foi o caminho trilhado pela advogada Silvia Mantovani, 41 anos, que morava na Espanha e, cansada de ser perseguida e sofrer ameaças por parte de seu ex-companheiro, decide mudar de trabalho, de cidade e de país.

Crédito: @40antesdos40Vítima de relacionamento abusivo, a advogada Silvia Mantovani relata em “40 antes dos 40” como viajar salvou sua vida

Essa mudança completa de vida, hoje, tornou-se inspiração para Silvinha –como gosta de ser chamada– escrever o livro “40 antes dos 40 – Um passaporte salvou minha vida” (Editora Feliz) e contribuir com sua história a mostrar que sempre é tempo de reconstrução e recomeço em nossas vidas.

O livro mostra um término de relacionamento até então amigável, mas que logo ganha ares de perseguição e chantagem. A autora acaba por ficar sem teto e sem seus pertences, confiscados por seu antigo parceiro e que só aceita devolve-las sobre ordem judicial.

Crédito: @40antesdos40Após sair de relacionamento abusivo, advogada cria projeto para conhecer 40 países antes dos 40 anos

Alojada na casa de amigos, com pouco dinheiro e movida por um impulso, ela então decide viajar para Roma e nesta viagem entende que precisa voltar ao ponto de partida e buscar a felicidade interior já perdida há muito tempo.

“Saí da relação com a roupa do corpo e mais nada! Recomecei minha vida do zero. Foi aí que surgiu a ideia do meu projeto de vida”, conta Silvinha.

Crédito: @40antesdos40Hoje, aos 41 anos, Silvia já viajou para mais de 50 países e realizou mais de 300 viagens.

A partir daí, começa a trajetória que nomeia o livro: Perto de completar 40 anos, Silvia decide que irá conhecer 40 países antes de atingir a idade “limite” dos 40. Ela então consegue atingir a marca e coleciona ricas histórias de reflexão e encorajamento descritas nos oito capítulos deste livro (nomeados por cidades e histórias que marcaram sua trajetória).

O “40 antes dos 40” é uma amostra de que nuca é tarde demais para sonhar em uma história que mostra se superação e inspiração para quem teme por recomeços e para romper um relacionamento falido e abusivo. Para aquelas que pensam estar no fundo do poço sem direito a uma nova chance de ser feliz, Silvinha mostra como um passaporte foi seu salva-vidas e que cada um pode encontrar abrigo em algo que ama.

Crédito: DivulgaçãoO livro “40 antes dos 40 – Um passaporte salvou minha vida” será lançado no Brasil no dia 7 de março

“O objetivo maior é ajudar outras mulheres a sair dessas relações venenosas; seja através do ato de viajar, de estudar, mudar de emprego ou o que mover seu coração”, conclui.

Hoje, aos 41 anos, Silvia já viajou para mais de 50 países e realizou mais de 300 viagens.

Em março, Silvia estará no Brasil para lançar o livro e contar sua história no 2º Encontro Brasileiro de Mulheres Viajantes, que acontece no dia 7/03 no Teatro Santo Agostinho (Rua Apeninos, 118, Liberdade).