Netflix: ‘A vida em mim’ desvenda a Síndrome da Resignação

Você já ouviu falar sobre a Síndrome da Resignação?

O documentário “A vida em mim”, disponível na Netflix, revela essa doença que atinge centenas de jovens e crianças refugiados na Suécia e que têm sintomas parecido com os do coma.

Nos últimos 15 anos, o número de pessoas que desenvolveu essa síndrome vem crescendo drasticamente. Mais de 90% dos casos se concentram na Suécia, mas começam a despontar em outros locais de abrigo, como por exemplo, na Austrália, no Centro de Processamento Regional de Nauru.

Contudo, as causas ainda são pouco conhecidas pela comunidade médica. Segundo relatos dos pais dos jovens que apresentam a Síndrome da Resignação, tudo começa quando param de falar e passam a recusar comida e bebida. Com o tempo vão querendo apenas ficar deitados e não reagem mais a nenhum estímulo vital, entrando em um estado de apatia física, mental e emocional.

As dúvidas ainda são muitas, mas o assunto é sério e necessita de mais estudos. Conheça e aprenda mais sobre a Síndrome da Resignação no filme “A vida em mim”.