Sergio Moro é colocado de escanteio pelo governo Bolsonaro

O ministro da Justiça, Sergio Moro, enfrenta um momento de desgaste com o governo de Jair Bolsonaro. O seu pacote anticrime, que já vinha sendo podado pelo Congresso, entrou de vez na geladeira.

Bolsonaro pediu que o governo deixe de lado a proposta de Moro para dar prioridade às medidas econômicas que estão em discussão no Congresso, como a reforma da Previdência e a reforma tributária.

Mensagens vazadas

Também caiu na imprensa a informação de que Sergio Moro teria dito à autoridades que tiveram seus celulares hackeados que as mensagens obtidas de forma ilícita seriam destruídas.

A repercussão desagradou os ministros Supremo Tribunal Federal, que disseram que a decisão de destruir ou não o material não cabe ao ministro da Justiça.

Luiz Fux, do STF, cobrou explicações e Sergio Moro e disse que houve um “mal-entendido”.

Veja mais informações sobre o tema no vídeo!