Batata de Marechal: patrimônio do subúrbio carioca

Batata na quentinha e no saco: isso é Marechal

facebook: www.facebook.com

Por: Redação | Comunicar erro

Essa obscenidade em forma de batata vem tirando o sono dos cariocas!

Tem os que ficam obcecados e os que sentem nojinho, mas uma verdade é incontestável em relação a famosa batata frita de Marechal Hermes: ela não passa despercebida por ninguém!

Também pudera, se uma quentinha abarrotada de batata não é pra qualquer um, imagina uma quentinha abarrotada de batata MAIS uma sacola plástica cheia até a boca de batata? Falando assim parece estranho mesmo, mas assistir esse “food porn” pessoalmente garante tremores de emoção. Juro!

Batata na quentinha e no saco: isso é Marechal
Batata na quentinha e no saco: isso é Marechal

Com valores de R$10 a R$35, você ainda tem opção de colocar calabresa, frango a passarinho (SIM!), cheddar, camarão, ou seja, só falta sair a própria plantação de batata lá de dentro. E taca, taca, taca batata!

As barracas ficam na saída da estação de trem de Marechal e aos finais de semana costumam formar filas enormes, principalmente na do Ademar, uma das mais conhecidas – tá achando que só tem uma monamur? Isso aqui é um comércio de batatas!.

Por se tratarem de barraquinhas de rua, não tem cadeiras e mesas, porém há um bar ao lado que recebe toda a galera que compra a batata e senta lá pra tomar uma cerveja ou um refrigerante de 2 litros. Por falar nele, o preço é supervalorizado, chegando a R$8!

A batata de Marechal já faz parte da cultura do subúrbio e pouco a pouco tem chegado a conhecimento dos demais cariocas que já babam enlouquecidamente olhando pra esse petisco que é melhor que muita gente por aí.

Nesse vídeo no Youtube mostramos tudo sobre essa obscenidade em forma de batata <3


Compartilhe:

Autor: Por: Redação