Últimas notícias:
Loading...

Festival BixaNagô ocupa a Aparelha Luzia com programação poderosa

Evento mescla música, arte digital, cultura urbana e debates sobre HIV, AIDS, negritude e saúde da comunidade LGBTQIA+ nas periferias

Até 13 de agosto de 2022

Quinta - Sexta - Sábado

Diversos horários

Recursos de acessibilidade para pessoas com deficiência não informados pelo próprio organizador do evento

Grátis

O centrão vai ferver com a importante programação do Festival BixaNagô, que acontece gratuitamente entre os dias 11 e 13 de agosto. O público desfruta de shows, intervenções artísticas e debates sobre HIV, AIDS, negritude e saúde da comunidade LGBTQIA+ nas periferias.

Brisa Flow é uma das atrações do Festival BixaNagô
Créditos: Camila Sanchez - divulgação/ Assessoria de imprensa Lucas Santana
Brisa Flow é uma das atrações do Festival BixaNagô

Na quinta, dia 11, às 20h, o Coletivo Coletores dá o pontapé inicial no evento com uma série de projeções em frente ao número 476 da Rua Augusta. O trabalho reflete os propósitos e a militância do Festival BixaNagô.

Já na sexta e no sábado, as atrações ficam concentradas na Aparelha Luzia, um quilombo urbano adminsitrado pela Associação Preta Política Artística Gentista destruidora das razões.

Até o momento, estão confirmados os shows de Sol na Voz, Brisa Flow e Sodomita, sem contar os sets das DJ Sophia e Lys Ventura. Mas tem muito mais! Acompanhe todas as novidades por meio do Instagram @festivalbixanago.

Nos debates são levantadas questões como prevenção combinada a ISTs, autotestagem, práticas de acolhimento e cuidados. Temas muito importantes, principalmente considerando os apontamentos da Organização das Nações Unidas de que a prevalência de pessoas que vivem com HIV no Brasil dobrou nos últimos 20 anos, passando de 0,3% da população entre 15 e 49 anos em 2002 para 0,6% em 2022.

Outro assunto que ganha destaque no Festival BixaNagô é o aumento da violência policial nas periferias, sobretudo nas grandes metrópoles. Em 2021, o Brasil registrou 300 ocorrências de mortes violentas de pessoas LGBTQIA +, um aumento de 8% em relação a 2020.

A produção do festival é assinada por Ezio Rosa, Marcelo Morais, Carla Zulu, Cássia Sandoval e Julieta Ragazoni.


#VivaACidadeNaResponsa: ao comparecer aos eventos, não se esqueça de levar o seu passaporte de vacinação. Sempre lembre de usar a máscara de proteção, andar com álcool em gel e sair de casa somente se necessário! Caso pertença ao grupo de risco ou conviva com alguém que precise de maiores cuidados, evite passeios presenciais. A situação é séria! Vamos nos cuidar para sair desta pandemia o mais rápido possível. Combinado? 💚


Veja outros rolês imperdíveis em SP: